Publicidade
Sábado, 18 de Novembro de 2017
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 21º C

Polícia Civil prende dez pessoas em operação contra facção criminosa em São José

Já foram realizadas prisões e apreensões de armas, drogas, coletes balísticos e outros objetos

Redação ND
Florianópolis
14/11/2017 às 15H24

Agentes da Deic (Diretoria Estadual de Investigações Criminais), da Polícia Civil, participam na manhã desta terça-feira (14) de uma grande operação para localizar e prender integrantes de uma facção criminosa, em São José.

De acordo com o delegado Adriano Bini, a operação começou às 6h na região do bairro Morar Bem, no final da Avenida das Torres. São cumpridas 18 ordens judiciais, 10 mandados de busca e apreensão e oito de prisões temporárias. Ao todo, 60 policiais civis da Deic participam da operação.

A operação é realizada no bairro Morar Bem - Polícia Civil/Divulgação/ND
A operação é realizada no bairro Morar Bem - Polícia Civil/Divulgação/ND


A equipe da Draco (Divisão de Repressão ao Crime Organizado) da Deic (Diretoria Estadual de Investigações Criminais) passou a apurar a atuação de integrações de uma organização criminosa da Comunidade Morar Bem, em São José, a partir de um homicídio e uma tentativa de homicídio ocorridas na madrugada do dia 3 de novembro de 2017, naquela região.

Foram identificados integrantes da facção, dentre eles líderes locais da organização, envolvidos com o tráfico de drogas e alguns deles com participação nos crimes.

Durante o trabalho da polícia na manhã desta terça (14), dez pessoas foram presas e conduzidas até a sede da Deic, para procedimentos de Polícia Judiciária, e um adolescente foi detido e encaminhado à DPCAMI da Capital para providências legais.

A polícia apreendeu drogas, dinheiro e diversos objetos durante a operação em São José - Polícia Civil/Divulgação
A polícia apreendeu drogas, dinheiro e diversos objetos durante a operação em São José - Polícia Civil/Divulgação


Além disso, os policiais também apreenderem maconha, crack, cocaína e ecstasy, duas pistolas calibre .40 e .380, munições de diversos calibres, dois coletes balísticos, três rádios comunicadores, anotações e contabilidade do tráfico de drogas e diversos aparelhos celulares.

Das dez pessoas presas, seis tiveram a prisão temporária cumprida, sendo que destes, dois foram autuados em flagrante pelas práticas dos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico, posse de ilegal de armas/munições de calibre permitido/restrito e corrupção de menores.

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade