Publicidade
Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 17º C

Última pesquisa para presidente aponta crescimento de Bolsonaro 34%, seguido de Haddad 24%

Pesquisa aponta candidato do PSL com 40% dos votos válidos; projeção com segunda opção de voto e possibilidade de mudança de candidato antes da eleição pode fazer Haddad chegar a 32,1%

Fábio Bispo
Florianópolis
05/10/2018 às 22H07

O resultado da última pesquisa neste primeiro turno encomendada pela Record TV ao Instituto RealTime Big Data, divulgada na noite desta sexta-feira (5) pelo Jornal da Record, aponta crescimento do candidato Jair Bolsonaro (PSL), que alcançou 34% das intenções de voto, frente a uma estagnação de Fernando Haddad (PT) com 24%, se comparado com as pesquisas anteriores do instituto. Com um público amplo de 10 mil entrevistados entre os dias 3 e 4 de outubro, a pesquisa ainda trás uma mostra do quão os eleitores estão decididos em seus votos, além de um cenário de possível mudança de candidato até o dia das eleições.

Na projeção máxima de votos para o primeiro turno, a pesquisa mostra que Bolsonaro poderia chegar a 41%, enquanto Fernando Haddad cresceria até 32%. Ciro Gomes, que tem a preferência entre indecisos e também entre aqueles que ainda podem mudar de voto, poderia expandir a campanha até 21%, segundo as projeções do Big Data.

Nas projeções para o 2º Turno, Jair Bolsonaro e Fernando Haddad estão tecnicamente empatados dentro da margem de erro, com 43% de intenções de voto para Bolsonaro frente aos 40% de intenções para o petista. Ciro Gomes é o único, até o momento, com intenções suficientes para bater o capitão da reserva. Já no cenário com Alckmin novamente um empate técnico com pequena margem para Bolsonaro.

Segundo o cientista político Bruno Soller, diretor do Big Data, o cenário é de consolidação para um provável segundo turno. “As duas campanhas, de Bolsonaro e Haddad, vêm se consolidando e por mais que as projeções apontem até 41% para Bolsonaro com a volatilidade dos votos e como opção entre os indecisos vejo que há dificuldades em haver decisão no primeiro turno”, explica.

Ciro Gomes lidera entre indecisos e como segunda opção de voto

A última pesquisa do Big Data neste primeiro turno faz uma projeção das intenções de voto também sobre os indecisos e sobre a segunda opção de voto dos eleitores. Ciro Gomes é  o mais citado como segunda opção e também é o mais lembrado entre os indecisos. Ciro poderia crescer até 4,2% entre os indecisos, enquanto Bolsonaro tem uma intenção de 3,5% entre esse público. Haddad foi citado por 3,1% dos eleitores indecisos.

Outro fator que pode ser decisivo neste primeiro turno é a rejeição dos candidatos. Segundo a pesquisa, Bolsonaro tem 54% de rejeição frente 53% de Haddad. Alckmin tem 46% e Ciro 42%. As rejeições de Haddad e Bolsonaro permaneceram estáveis desde a última pesquisa, em 1º de outubro.

Publicidade

3 Comentários

Publicidade
Publicidade