Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Para combater casos como o da escola de Goiânia, SC tem núcleo de prevenção à violência

Desde 2011 escolas estaduais de Santa Catarina tem um núcleo focado para evitar casos extremos

Felipe Alves
Florianópolis
21/10/2017 às 10H13

Para tentar evitar casos extremos como o ataque à escola de Goiânia, onde um estudante matou a tiros dois colegas e deixou outros quatro feridos na sexta-feira (20), o Estado de Santa Catarina conta com uma política de educação e prevenção à violência desde 2011, comandada pela Secretaria de Estado da Educação. A maioria das escolas estaduais tem um Netre (Núcleo de Prevenção à Violência) e a expectativa é que todas sejam atendidas até o fim deste ano.

De acordo com Rosimari Koch Martins, coordenadora da educação e direitos humanos e diversidade da Secretaria da Educação, a palavra-chave é prevenção. “A ação do Netre é focada na prevenção para evitar situações que fogem do alcance das escolas. Com a inserção de temáticas no currículo para discutir essas questões trazemos saúde e segurança para todos”, afirma.

Adolescentes mortos durante ataque em escola são enterrados

O núcleo da secretaria elabora e subsidia as escolas com materiais e cadernos pedagógicos que orientam como trabalhar as questões sociais, o preconceito e a violência. “A situação mais corriqueira que temos nas escolas está relacionada à violência verbal e, que, muitas vezes é em decorrência do preconceito”, diz Rosimari.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade