Publicidade
Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 23º C

Operação Veraneio 2011/2012 ganha força com verba de R$ 9,9 milhões do Funturismo

O recurso foi liberado para o aumento da indenização dos guarda-vidas civis e para construção de 30 novos postos salva-vidas

Emanuelle Gomes
Florianópolis
Daniel Queiroz/ND
Cesar Souza Júnior  (C) assina liberação da verba para o setor 

O projeto Salvatur, que garante recursos para o aumento do valor da ajuda de custo dos guarda-vidas civis e a construções de 30 novos postos salva-vidas, foi lançado na tarde de terça-feira (1) pelo secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Cesar Souza Júnior. A cerimônia de liberação de R$ 9,9 milhões, por meio do Funturismo, foi prestigiada por um auditório lotado de bombeiros militares e alguns guarda-vidas civis. O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina também aproveitou a ocasião para homenagear três guarda-vidas, dois militares e um civil, que salvaram a vida de 10 crianças na praia da Galheta, no dia 25 de fevereiro desse ano.

Segundo Souza Júnior, a intenção é que, com a verba, algumas praias possam contar com a presença dos guarda-vidas o ano inteiro. “Só nessa temporada são esperados cinco milhões de turistas em Santa Catarina, que terão sua segurança nas praias priorizada com esse projeto”, comenta o secretário. Com o novo recurso, a Operação Veraneio, que começa no dia 17 de dezembro e termina no dia 29 de fevereiro, ganha força nesse verão, com investimento total de R$ 15 milhões.

Segundo o coronel Masnik, comandante do Corpo de Bombeiros, ainda foi destinado R$ 700 mil para a compra de equipamentos, entre eles nadadeiras, bóias e pés de pato, ofertados aos guarda-vidas civis e militares. “A verba garante os R$ 10 milhões para o pagamento dos civis, que passarão a receber R$ 100 de indenização, e os R$ 5 milhões são do pagamento dos militares”, explica. O novo valor repassado aos guarda-vidas civis deve passar a valer a partir do dia 1º de janeiro.

A meta dos Bombeiros é garantir que nenhum afogamento aconteça nessa temporada. Na Operação Veraneio 2010/2011 aconteceram 19 mortes, 148 afogamentos com vítima salvas, 4.884 socorros, 1.176 crianças perdidas localizadas e mais de 1 milhão de operações de prevenção.

Números da Operação Veraneio 2011/2012

Guarda-vidas civis: 1.200

Guarda-vidas militares: 250

Cidades: 33

Praias protegidas: 133

Extensão de praias: 406 km

Postos: 175

Cadeirões: 95

Viaturas de ronda: 35

Botes infláveis de salvamento: 18

Motonáuticas: 21

Quadriciclos: 11

Helicóptero: 1

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade