Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Após operação para resgatar criança em São José, polícia detém quatro e faz apreensões

Ações policiais aconteceram no bairro Morar Bem e na comunidade Forquilhão

Redação ND
Florianópolis
17/08/2018 às 12H09

A Polícia Civil, por meio da Equipe de Investigação da 2° Delegacia de Polícia de São José, na tarde desta quinta-feira (16) deu cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão no bairro Morar Bem, local de disputa de facções criminosas. No local foram apreendidos 50 pedras de crack, aproximadamente 100 gramas de cocaína, uma balança de precisão, anotações do tráfico, dinheiro, celulares e produtos eletrônicos. Outra ação foi realizada na comunidade de Forquilhão, também com apreensões. 

Segundo informações da Polícia Civil, no bairro Morar Bem três homens foram detidos, além de um adolescente de 17 anos, todos indiciados pelo crime de tráfico e associação para o tráfico. Ainda segundo a Polícia Civil, as investigações e o combate ao narcotráfico irão continuar naquela localidade.

A operação no bairro contou com o apoio de  aproximadamente 30 policiais civis das 1° e 3° Delegacias de São José, DPCAMI (Distrito Policial de Proteção Mulher), DIC (Divisão de Investigação Criminal), Dpco (Delegacias de Polícia de Comarca) de Biguaçu e Dpmu (Delegacias de Polícia de Município) de Antônio Carlos.

Também na tarde de quinta-feira (16), a Polícia Civil em ação conjunta da DIC e a 1a Delegacia de Polícia, realizou uma operação na comunidade do Forquilhão, em São José. O objetivo era encontrar uma menina de 10 anos que havia sido sequestrada por tranficantes locais.  A garota era enteada de um homem assassinado pelos criminosos. O crime teria sido presenciado pela mãe da criança.

Na operação foram apreendidas em um bar 192 pedras de crack e uma quantia em dinheiro. Na sequência, outro bar foi abordado, onde foi encontrada a menina que estava sob o poder dos traficantes. Segundo informações da Polícia Civil, as investigações prosseguem até a total apuração dos responsáveis pelo tráfico no local e dos autores do homicídio do padrasto da menina. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade