Publicidade
Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018
Descrição do tempo
  • 16º C
  • 11º C

Operação da PM tem prisões por Lei Seca e em estabelecimentos comerciais do Estado

Objetivo da Operação PM4Mil foi reduzir criminalidade e violência, que foi associada à ingestão de bebidas alcoólicas e uso de drogas

Redação ND
Florianópolis
16/07/2018 às 15H51
Foram realizadas 1.948 barreiras de fiscalização durante a operação, que resultaram na abordagem de 37.911 veículos - PMSC/Divulgação/ND
Foram realizadas 1.948 barreiras de fiscalização durante a operação, que resultaram na abordagem de 37.911 veículos - PMSC/Divulgação/ND


A PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina) realizou na sexta-feira (13) e no sábado (14) a segunda fase da operação PM4Mil, em todo o Estado. Nos dois fins de semana em que a ação foi realizada, foram mobilizados mais de 4 mil policiais militares, que trabalharam em barreiras itinerantes, voltadas à Lei Seca, bem como na fiscalização de estabelecimentos comerciais. O objetivo da ação policial foi reduzir a criminalidade e violência.

De acordo com a PM, a violência contra mulheres também foi um dos focos da operação. A corporação associou atitudes violentas à ingestão de bebidas alcoólicas e uso de drogas. Por isso, a realização das barreiras e a fiscalização em bares, bailes e similares. A primeira fase da PM4Mil aconteceu nos dia 7 e 8 de julho.

Durante as duas fases da operação, foram realizadas 1.948 barreiras de fiscalização, que resultaram na abordagem de 37.911 veículos. Destes 1.242 foram removidos por irregularidades diversas e 707 documentos foram recolhidos. Também foram realizados testes de alcoolemia. Dos 3.314 testes aplicados, 123 resultaram em autos de constatação de sinais de embriaguez e 221 pessoas foram presas ou apreendidas.

Ao todo 3.257 estabelecimentos foram vistoriados em Santa Catarina. Segundo dados da PM, 351 deles não possuíam alvará de funcionamento, 190 estavam com o alvará vencido e 136 não respeitavam o horário estipulado. Nesses locais, 22.398 pessoas foram abordadas e 88 foram presas ou apreendidas por motivos diversos, como porte de drogas, armas e outros.

Além das prisões, também foram apreendidas 23 armas brancas, 38 armas de fogo, 517 munições e drogas durante o trabalho policial. O agentes encontraram maconha, crack, cocaína, ecstasy, haxixe, LSD, lança perfume, MDMA, skank, e outros entorpecentes.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade