Publicidade
Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 17º C

Nova operação da PM tem um morto, oito detenções e apreensões em Florianópolis

Polícia Militar deflagrou ação denominada “Drive Drugs” na região central da Capital, na manhã desta sexta-feira (23)

Redação ND
Florianópolis
23/02/2018 às 11H43

Em nova ostensiva, a Polícia Militar deflagrou, às 6h desta sexta-feira (23), a operação denominada “Drive Drugs”, no Morro do Horácio, no bairro Agronômica, em Florianópolis. Na ação foram presas sete pessoas, dois menores foram apreendidos e um homem, identificado como Elvis Rocha da Silva, 22 anos, foi morto em confronto com policiais. Segundo o 4º BPM, ele portava uma pistola e tinha mandado de prisão ativo.

A operação teve como objetivo cumprir 26 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão preventiva expedidos pelo Juízo Criminal da Capital. O nome “Drive Drugs” é uma alusão a Drive Thru, serviço de vendas que permite ao cliente comprar o produto sem sair do carro. Na localidade em questão, no entanto, os produtos vendidos aos condutores em via pública eram drogas ilícitas.

Operação policial acontece no Morro do Horário e na comunidade Santa Vitória - Polícia Militar/Divulgação/ND
Operação policial acontece no Morro do Horário e na comunidade Santa Vitória - Polícia Militar/Divulgação/ND


Balanço da operação

Na ação foram cumpridos 26 mandados de busca e apreensão, quatro mandados de prisão contra Fabrício Ramos de Brito (o “Guiga”), que portava tubos de lança perfume e 10 munições 9mm; Gustavo Felipe Hilário (o “Guga”); e Alexsandro Morais de Matos. Também foi detido Ezequiel Alves, foragido da Justiça, e um menor que possuía dois mandados de busca e apreensão.

Entre as prisões em flagrante estiveram as de Daniel Alves (o “Choco”), que estava com grandes porções de maconha, balança e colete, conforme a PM; Paulo Eduardo dos Santos (o “Paulinho), que portava loló e balança; e outro menor que estava com um kit roni, capaz de transformar uma pistola semiautomática em automática, com o potencial de uma submetralhadora. 

Armas, drogas, munições, dinheiro e colete balístico foram apreendidos pela PM - PM/Divulgação/ND
Armas, drogas, munições, dinheiro e colete balístico foram apreendidos pela PM - PM/Divulgação/ND


Ainda segundo a PM, foram encontrados em área de mata 20kg de maconha, uma balança, um rádio de comunicação e mais um colete balístico. A operação, que é a primeira etapa de uma série de ações de Polícia Ostensiva de Preservação da Ordem Pública planejadas para a região, visa desestruturar organização criminosa atuante na região, combater o comércio de entorpecentes e crimes contra o patrimônio praticados por estes, recapturar criminosos foragidos e apreender armas de fogo.

De acordo com o comandante geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Araújo Gomes, um dos detidos, é apontado pelo setor de Inteligência da corporação como um dos envolvidos nos assaltos a uma joalheria e a uma lotérica em um shopping no bairro Monte Verde, em Florianópolis. Segundo informações do 4º Batalhão, o mesmo detido, o Guiga, também liderou assaltos em um shopping no bairro Areias, em Palhoça; e na lotérica de um shopping em Barreiros, São José, além de comandar o tráfico de drogas no Morro do Horácio. 

As medidas cautelares foram expedidas com base de requerimento formulado pela 39ª Promotoria de Justiça, subsidiado com informações produzidas pela PM por meio de RTO (Relatório Técnico Operacional).

A operação contou com o apoio de equipes policiais da 1ª e 11ª RPM, BOPE (Batalhão de Operações Especiais), ROCAM/CAEPM, CANIL (Companhia de Policiamento com Cães), BAPM (Batalhão de Aviação) e equipes do GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas) da Capital.

Dezenas de policiais participaram da operação contra o crime organizado - PM/Divulgação/ND
Dezenas de policiais participaram da operação contra o crime organizado - PM/Divulgação/ND



Publicidade

13 Comentários

Publicidade
Publicidade