Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

ND 12 anos: confira algumas das matérias que mais repercutiram nos últimos anos

Seleção inclui reportagens sobre o caso Ricardinho, expulsão do "Guardião do Vale" e gambás encontrados em restaurante da Lagoa da Conceição

Redação ND
Florianópolis
12/03/2018 às 23H57

Prestes a comemorar o aniversário de 12 anos, o jornal Notícias do Dia já fez história como referência de veículo de comunicação regional e fonte de informações para leitores da Grande Florianópolis. Não apenas isso: ao longo de mais de uma década, as páginas do ND – tanto impresso quanto online – já apresentaram grandes histórias e personagens, notícias que mudaram a vida dos moradores da região e matérias de relevância  como "referência em informação  da Grande Florianópolis", como diz o slogan. 

Para celebrar essa ocasião, a equipe do ND Online fez uma seleção com algumas das matérias publicadas que mais repercutiram nos últimos anos. Confira a lista a seguir e conte nos comentários qual foi a mais marcante para você!

Prazo para conclusão da restauração da ponte, com desmonte das estruturas, é outubro de 2018 - Marco Santiago/ND
Prazo para conclusão da restauração da ponte, com desmonte das estruturas, é outubro de 2018 - Marco Santiago/ND

A tão aguardada obra do cartão-postal de Florianópolis teve a sua etapa mais complexa realizada em janeiro de 2017. Foi na ocasião que a ponte Hercílio Luz, de 4,4 mil toneladas, passou a ser sustentada por quatro torres, por meio de 54 macacos hidráulicos. Confira a matéria.

Em 2013, um ranking divulgado ontem pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) colocou a capital catarinense como o terceiro lugar no Brasil no quesito qualidade de vida. A pesquisa levou em consideração a educação, longevidade e renda.

O ex-PM Luís Paulo Mota Brentano é acusado de matar o surfista Ricardinho, em 19 de janeiro de 2015 - Flávio Tin/Arquivo/ND
O ex-PM Luís Paulo Mota Brentano é acusado de matar o surfista Ricardinho, em 19 de janeiro de 2015 - Flávio Tin/Arquivo/ND

O assassinato do surfista Ricardinho, em Palhoça, fomentou discussões envolvendo o porte de arma e o abuso de autoridade em janeiro de 2015. Na ocasião, um policial militar disparou três tiros a queima roupa no catarinense de 24 anos, em frente à casa da família, na Guarda do Embaú. A reportagem apurou que o acusado de matá-lo já havia sido réu em ações por outros supostos crimes, como de ameaça e invasão de domicílio, mas foi absolvido por “insuficiência” de provas para a condenação.

Uma atitude extrema de uma mãe chocou a população em junho de 2015. Foi quando uma a mulher abandonou a filha bebê na Igreja Matriz de Palhoça, deixando uma carta em que explica as razões que a levaram a realizar o ato. "Só Deus sabe a dor que estou sentindo em te deixar aqui. Mas simplesmente não tenho condições de te criar. Já tenho mais seis irmãos seus que sustento com muito sacrifício", escreveu.

Lobão era conhecido no Rio Tavares, Sul da Ilha, onde sua história comovia a todos - Divulgação/ND
Lobão era conhecido no Rio Tavares, Sul da Ilha, onde sua história comovia a todos - Divulgação/ND

Uma história comovente e digna de cinema sensibilizou a população em dezembro de 2013, quando o cachorro Lobão morreu, no Rio Tavares. O akita conquistou os moradores do bairro depois que perdeu o seu dono, morto em um acidente de carro, e o esperou por 14 anos, dormindo na porta da casa onde morou e recusando novos donos. 

A virada dos ventos do quadrante norte para sul assustou quem visitava a Ilha do Campeche no dia 6 de janeiro deste ano, quando um alerta da Capitania dos Portos pegou turistas de surpresa e resultou no encerramento de todas as atividades. Com a ocupação acima da capacidade máxima, houve confusão na hora em que os visitantes deixaram a ilha.

Cai Bem Geladinho - Flavio Tin/ND
Cai Bem Geladinho - Flavio Tin/ND

A criação de geladinhos gourmets surpreendeu os amantes do produto refrescante, também conhecido como sacolé, chup chup e din din. A ideia foi de um casal paraibano, morador de Florianópolis. O negócio, "Cai Bem Geladinhos Gourmets" oferece sabores como os da linha fit (iogurte natural com frutas, laranja com frutas e água de coco com frutas), detox (abacaxi com couve, gengibre e hortelã) e chocolate com ganache, cappuccino, Chicabon e Ninho com Nutella.

Um morador de Brusque começou 2018 muito bem, após ser um dos 17 sorteados na Mega da Virada 2017. O prêmio dividido entre os ganhadores foi de R$ 306,7 milhões - cada um ficou com cerca de R$ 820 mil.

Vilmar Godinho é considerado o
Vilmar Godinho é considerado o "Guardião do Vale da Utopia" - Bruno Ropelato/Arquivo/ND

Conhecido como “Guardião do Vale”, o famoso ermitão Vilmar Godinho, morador de uma caverna no Vale da Utopia, em Palhoça, recebeu em abril de 2016 a notícia de que a Justiça havia ordenado a sua expulsão do local. Nascido em Porto Alegre, ele vivia há 26 anos longe da sociedade e foi defendido pela comunidade por meio de um ato público e uma petição online.

A queda de um monomotor, em fevereiro de 2016, deixou dois mortos no Sul da Ilha. O caso envolveu um avião de pequeno porte, que desapareceu minutos após decolar do Aeroporto Hercílio Luz. Diversas equipes foram empenhadas nas buscas pelos destroços, encontrados com a ajuda do helicóptero Arcanjo 01, próximos à Ilha do Campeche. 

Gambás foram encontrados em restaurante da Lagoa da Conceição - Arquivo/ND
Gambás foram encontrados em restaurante da Lagoa da Conceição - Arquivo/ND

Provavelmente uma das notícias mais estonteantes dos últimos anos foi a de que o dono de um restaurante da Lagoa da Conceição mantinha gambás para o consumo interno dos funcionários. No local, que acabou interditado pela Vigilância Sanitária, foram encontrados dois animais mortos e temperados, além de dois vivos dentro de um freezer desativado. 

Os frequentadores da casa noturna Confraria das Artes, que ficava na Lagoa da Conceição, foram pegos de surpresa quando surgiram as primeiras acusações de que os funcionários eram obrigados a  servir bebidas adulteradas e garrafas plásticas com água da torneira. Nesta reportagem, publicada em outubro de 2015, o ND noticiou que uma garçonete ganhou na Justiça do Trabalho uma indenização de R$ 80 mil por danos morais devido após comprovar o fato.

Comente! #ND12anos 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade