Publicidade
Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 22º C

MPSC pede júri popular a acusados de atropelamentos em Jurerê Internacional

Uma pessoa morreu e outras três ficaram feridas em dois atropelamentos consecutivos em agosto de 2017 na SC-402

Redação ND
Florianópolis
11/10/2018 às 11H07

O Ministério Público de Santa Catarina pediu para que Sérgio Orlandini Sirotsky e Eduardo dos Santos Rios, acusados de atropelar quatro pessoas em Jurerê Internacional em agosto do ano passado, sejam levados a júri popular.

Audi dirigido por Sérgio Orlandini Sirotsky - Marco Santiago/Arquivo/ND
Audi dirigido por Sérgio Orlandini Sirotsky - Marco Santiago/Arquivo/ND



O MPSC pede que eles sejam julgados por homicídio qualificado, que é quando não há possibilidade de defesa da vítima, já que houve uma vítima fatal e três outras tentativas de homicídio qualificado, além de omissão de socorro.

Os atropelamentos aconteceram no dia 6 de agosto de 2017 na SC-402 na saída de uma casa noturna em Jurerê Internacional. De acordo com a denúncia do Ministério Público, Sérgio Orlandini Sirotsky dirigia um carro de luxo em alta velocidade quando provocou o primeiro acidente, que levou à morte de Sérgio Teixeira da Luz Júnior. A vítima ainda foi atropelada uma segunda vez por Eduardo dos Santos Rios.

Os dois acusados aguardam o julgamento em liberdade e cumprem medidas cautelares. No entanto, Sérgio Orlandini Sirotsky passou a usar uma tornozeleira eletrônica após o MP denunciar que ele estaria descumprindo as medidas impostas pela Justiça. Ainda não há data para o julgamento. Agora a Justiça também precisa se manifestar ao pedido do Minsitério Público com relação ao júri popular.

* Com informações da RICTV Record

Publicidade

4 Comentários

Publicidade
Publicidade