Publicidade
Domingo, 23 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Movimento “Sou Bem Floripa” vai beneficiar o cuidado com os animais abandonados

Parceria com o Instituto É o Bicho vai reverter parte da receita da venda dos produtos do movimento para a proteção dos animais

Redação ND
Florianópolis
29/08/2018 às 18H55

Preocupado em fomentar as contínuas práticas cidadãs, o movimento Sou Bem Floripa, do Grupo RIC, fez uma parceria com o Instituto É o Bicho, ONG que trabalha em prol dos animais em situação de vulnerabilidade, em Florianópolis. O objetivo da nova parceria, assinada nesta quarta-feira (29) é incentivar os cuidados com os animais.

Segundo o diretor regional Florianópolis do Grupo RIC, Roberto Bertolin, parte do valor da venda da linha de produtos do movimento passa a ser revertida para a causa dos bichos. Camisetas, toalhas, adesivos e chaveiros estão à disposição nas lojas Soulvenir, no Floripa Shopping e no Iguatemi.

Movimento “Sou Bem Floripa” vai beneficiar o cuidado com os animais abandonados - Flávio Tin
Parte do valor da venda da linha de produtos do movimento passa a ser revertida para a causa dos bichos - Flávio Tin

O Sou Bem Floripa, que começou as atividades em 2013, é mais do que uma campanha publicitária, porque promove ações e debates de relevância social. “A parceria assinada é de fundamental importância para construir boas práticas de cidadania e, desta vez, o foco é o animal. O movimento também desenvolve ações de preservação do meio ambiente, de respeito às leis de trânsito e para o desenvolvimento de uma consciência cidadã”, disse Bertolin.

Nos últimos cinco anos da campanha, que tem totens no Parque de Coqueiros, trapiche da Beira-Mar Norte e Morro da Lagoa da Conceição, diversas ações foram realizadas. Destaque para a distribuição de 30 mil sacolas biodegradáveis nas praias, para a revitalização de praças públicas e a instalação de mais de 40 placas alertando para a proibição de cachorros nas praias.

A presidente do Instituto É o Bicho, Patrícia Jerosch, é uma das fundadoras da ONG, que tem 70 animais, entre gatos e cachorros, para doação. “A parceria vai viabilizar as ações de saúde para os animais, como a castração e a vacinação. A última estimativa da prefeitura é de que temos mais de 10 mil animais de rua, que na verdade são frutos de domesticação não planejadas”, afirmou. Apesar do grande número de cães e de gatos, o instituto também já trabalhou na proteção de cavalos, tartarugas e galinhas.

Produtos ajudam a divulgar a campanha

Um dos animais à espera de adoção no Instituto É o Bicho é a gata Kalina. Ela foi resgatada há um mês, no bairro Rio Vermelho, Norte da Ilha, após ser atropelada. Depois de receber tratamento médico, Kalina aguarda pela adoção. Mas quem não pode adotar mais um animal, pode colaborar com o movimento Sou Bem Floripa adquirindo produtos da campanha.

O sócio proprietário das lojas Soulvenir, Fernando Luz, lembra que o movimento apoia a proteção dos animais, a plantação de mudas de árvores e o incentivo à cultura e ao esporte. “Temos modelos de camisetas que incentivam cada uma das causas abordadas na cidade. A camiseta da bucica, que aborda o cuidado com os cachorros e outros animais, tem o papel de divulgar a campanha de proteção. Também temos outros modelos que incentivam a valorização cultural, do esporte e para o plantio de novas árvores”, destacou o empresário. Parte da receita dos produtos será revertida ao Instituto É o Bicho.

 

Os produtos e onde comprar

Camisetas – de R$ 29 a R$ 39

Toalhas – R$ 29

Chaveiro – R$ 8

Adesivo – R$ 5

Lojas Soulvenir, Floripa Shopping e shopping Iguatemi

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade