Publicidade
Quinta-Feira, 19 de Julho de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Motorista de Camaro responsável por atropelamento em Florianópolis é preso no RS

Jeferson Bueno é suspeito de furto de energia elétrica em uma fábrica de fivelas em Araricá, no Vale dos Sinos

Redação ND
Florianópolis
12/04/2018 às 11H24

O homem envolvido em um atropelamento de três pessoas no bairro Ingleses, em Florianópolis, no início do ano passado, quando conduzia um Camaro, foi preso na última quinta-feira (11) no Rio Grande do Sul. Jeferson Rodrigo de Souza Bueno é suspeito de furto de energia elétrica em uma fábrica de fivelas em Araricá, no Vale dos Sinos. O dono e um funcionário da empresa também foram presos em flagrante.

A concessionária RGE, Rio Grande Energia, desconfiava de um possível roubo de energia elétrica no estabelecimento. Segundo a delegada Marina Goltz, eles fizeram o uso de uma rede não cadastrada na central da empresa, usando a luz sem pagar, qualificando o crime como fraude, sem possibilidade de fiança.

Além do roubo, há algum tempo, os técnicos da Rio Grande Energia que tentavam fazer a vistoria na fábrica eram constantemente ameaçados por um funcionário armado. O colaborador foi preso por porte ilegal de arma.

Na delegacia, os três acusados preferiram permanecer em silêncio. A polícia ainda deve investigar por quanto tempo a empresa praticava o crime e outros possíveis responsáveis pelo “gato”.

Caso Camaro

Acusado pelo atropelamento de três pessoas, em que uma mulher morreu, um homem teve as pernas amputadas e outro sofreu um traumatismo craniano, Jeferson pagou fiança de R$ 70 mil e voltou às suas atividades normais. Ele havia se apresentou à Justiça em abril de 2017 e não foi preso pelo crime.

Nilandres Lodi, uma das vítimas do acidente, se pronunciou sobre o caso e se diz triste com a Justiça brasileira, por “uma conta de luz valer mais que a vida de uma pessoa”.

Publicidade

4 Comentários

Publicidade
Publicidade