Publicidade
Terça-Feira, 18 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 22º C

Morre empresário e político catarinense Ivan Orestes Bonato

Bonato foi secretário da Fazenda nos governos de Antônio Carlos Konder Reis (1975-1979) e Jorge Bornhausen (1979-1982)

Fabiane Berlese
Florianópolis

O empresário e político catarinense Ivan Orestes Bonato morreu na noite desta terça-feira, no hospital Sírio Libanês, em São Paulo. O economista e engenheiro agrônomo tinha 78 anos, era nascido em Joaçaba e foi casado com a herdeira do Grupo Perdigão, Maria Odete Brandalise Bonato, falecida em 2014.

Divulgação
Ivan Bonato estava hospitalizado em São Paulo


Ele deixa dois filhos e três netos. Bonato estava em São Paulo, onde tratava de problemas cardíacos. Nesta quinta-feira, ele passava por uma segunda cirurgia quando não resistiu.

O economista foi presidente da Codesc, vice-presidente do Badesc e diretor do Grupo Perdigão. Atualmente, atuava na indústria de couro.

Na política, Bonato foi secretário da Fazenda nos governos de Antônio Carlos Konder Reis (1975-1979) e Jorge Bornhausen (1979-1982).

Em 1982, foi eleito suplente de senador do titular Jorge Bornhausen. Pouco tempo depois, assumiu a vaga quando o titular foi ministro da Educação do governo José Sarney.

Parceiro político e amigo da família, o ex-deputado federal Paulo Bornhausen destacou que Bonato é uma figura pública que fará falta ao país.

“Um homem que pensava à frente, que tinha conhecimento e inteligência para propor, resolver e mudar cenários. Perde-se uma figura excepcional e eu perco um grande amigo”, afirmou.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade