Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Morre Ângelo Fantin, fundador da empresa Parati

Fantin, fundador da empresa de alimentos Parati, faleceu em decorrência de um AVC

Rafael Thomé
Florianópolis

*Atualizada às 15h30.

Morreu na noite de sexta-feira (30), aos 87 anos, Ângelo Fantin, fundador e presidente emérito da empresa de alimentos Parati, de São Lourenço do Oeste. Ele estava internado em um hospital após ter sofrido um AVC (Acidente Vascular Cerebral) no sábado (24), mas não resistiu e faleceu em Florianópolis.

O velório está marcado para as 19h deste sábado (31), em São Lourenço do Oeste, na região Oeste de Santa Catarina. O sepultamento será no domingo (01), no cemitério municipal.

Ângelo Fantin era italiano e veio para o Brasil aos 22 anos. Em 1972 fundou aquela que seria uma das maiores empresas de alimentos do Sul do Brasil. Hoje, a indústria gera 3,5 mil empregos diretos, produzindo 100 mil toneladas de alimentos por ano, entre doces e salgados, massas, balas e sucos.  Os produtos chegam a todas as regiões do país e também ao mercado externo.

Com o sucesso da empresa, em 2008, Fantin foi agraciado com a Ordem do Mérito Industrial de Santa Catarina, comenda outorgada pela Fiesc (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina). Mas, além do setor empresarial, ele também se destacava em ações sociais, como no incentivo do esporte no meio estudantil.

O presidente da Fiesc , Glauco José Côrte, lamentou a morte do empresário. "A Fiesc lamenta a perda de tão notável liderança empresarial, um empresário que deixa marcas indeléveis no desenvolvimento da indústria do Sul do Brasil”, afirmou. 

Felipe Christ/Fiesc/Divulgação/ND
Em 2008, Fantin recebeu a Ordem do Mérito Industrial de Santa Catarina
Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade