Publicidade
Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Morre Altamiro José dos Anjos, o Seu Dascuia, figura emblemática da folia em Florianópolis

Envolvido no Carnaval da cidade desde 1953, o ex-atleta foi um dos homenageados no desfile das escolas de samba deste ano

Redação ND
Florianópolis
09/07/2018 às 22H29

Altamiro José dos Anjos, uma das figuras emblemáticas da folia em Florianópolis, morreu na tarde desta segunda-feira (9) no Hospital Governador Celso Ramos. Conhecido como Seu Dascuia, ele tinha 82 anos e foi responsável por emprestar seu nome à escola de samba, em 2004. O sepultamento será realizado a partir da meia-noite desta terça-feira (10), na capela C do Cemitério São Francisco de Assis, no Itacorubi, e o enterro está marcado para as 16h. 

Seu Dascuia com a mulher Valdeonira - Marco Santiago/ND
Seu Dascuia com a mulher Valdeonira - Marco Santiago/ND


Segundo Mauricio dos Anjos, um dos oito filhos do ex-presidente da Dascuia, o pai estava acamado quando foi levado às pressas ao hospital, durante a madrugada. Em casa, ele era cuidado pela esposa, Valdeonira Silva dos Anjos.

Seu Dascuia nasceu em Florianópolis no dia 21 de agosto de 1935. Filho de Antônio Inocêncio dos Anjos e Ferminia Nascimento dos Anjos, estudou até o antigo 1º grau no grupo escolar José Boateux, no Estreito, próximo da onde morou.

Aos 18 anos passou a servir na Base Aérea de Florianópolis, encerrando a carreira militar como 3º Sargento da Reserva. Uma das paixões de Seu Dascuia era o esporte, e ele se destacou em competições esportivas como os Jasc (Jogos Abertos de Santa Catarina), representando sua guarnição militar. Atleta, praticou vôlei, basquete, futebol e corrida (4 por 100 metros), sendo um dos primeiros participantes dos Jasc, com diversas premiações. Também atuou por diversos anos como massagista na equipe de natação do Lira Tênis Clube.

>> O amor do Morro do Céu pelo Carnaval fez surgir a escola de samba Dascuia

Toda família de seu Dascuia e dona Valdeonira é envolvida com o Carnaval - Marco Santiago/ND
Seu Dascuia cercado por familiares - Marco Santiago/Arquivo/ND


Sua história no Carnaval teve início em 1953. Aos 18 anos foi ritmista na bateria da escola de samba Protegidos da Princesa, da qual também foi componente, diretor, conselheiro, tesoureiro e presidente. Seu Dascuia também foi presidente da escola Embaixada Copa Lord, conquistando o título de campeão do Carnaval florianopolitano.

Em 2004, como forma de bloco em homenagem ao Seu Dascuia, foi fundado o Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Dascuia, que teve uma rápida ascensão no Carnaval da cidade. Em 2018, Altamiro foi um dos homenageados e chegou a participar do desfile das escolas de samba da Capital, sentado em um trono em um dos carros alegóricos, ao lado de sua mulher.

>> Morre Nelinho, um dos fundadores da escola de samba Copa Lord, de Florianópolis

Altamiro José dos Anjos (ao centro), ao lado de sua mulher Valdeonira Silva dos Anjos, no desfile das escolas de samba de Florianópolis de 2018 - Daniel Queiroz/ND
Altamiro José dos Anjos (ao centro), ao lado de sua mulher Valdeonira Silva dos Anjos, no desfile das escolas de samba de Florianópolis de 2018 - Daniel Queiroz/Arquivo/ND



Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade