Publicidade
Domingo, 23 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Morador de Nova Descoberta organiza abaixo-assinado para a SC-411

Ele protesta descaso com a rodovia que mais mata em Santa Catarina e pede um posto de Polícia Rodoviária Federal no local

Ana Maria Veiga
Tijucas
Flávio Tin/ND
Pereira busca 10 mil assinaturas

Se cada morte na SC-411 nos últimos três anos fosse representada por uma cruz, elas seriam mais abundantes que as placas de trânsito. Cada quilômetro entre Tijucas e Nova Trento ganharia um crucifixo, lembrando as 48 vítimas fatais. O aposentado Valentin Celso Pereira vai percorrer parte desse trajeto com um papel na mão. Até quinta-feira, ele quer recolher 10 mil assinaturas reivindicando um posto da Polícia Rodoviária Estadual na rodovia.

O que Pereira pede já foi solicitado - e prometido – inúmeras vezes. “Em todas as eleições eles prometem solução para a rodovia e nada”, lamenta. Ele, que é presidente da Associação dos Moradores de Nova Descoberta, já perdeu até as contas de quantas vezes lombadas eletrônicas e um posto da Polícia Rodoviária Estadual foram prometidos para o local. As melhorias na rodovia permeiam os discursos políticos há pelo menos há 16 anos, desde o governo Paulo Afonso Vieira. Depois dele, um a um, Esperidião Amin, Luiz Henrique da Silveira e Leonel Pavan, todos os governadores do Estado, garantiram e não cumpriram as promessas eleitoreiras.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade