Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C

Moda canina atrai público na Fashion Dog, em Florianópolis

Show exibiu 40 animais neste sábado, 30, durante a 24ª feira da Esperança.

Danilo Duarte
Florianópolis
Marco Santiago/ND
Desfile no palco da Feira da Esperança contou com 40 animais de diversas raças

 

A primeira edição da “Fashion Dog Show”, evento de desfile de cães, aconteceu neste sábado, 30, no CentroSul, em Florianópolis, como parte da programação da 24ª Feira da Esperança, uma promoção da Apae de Florianópolis. Participaram 40 animais de diversas raças, o que atraiu a atenção principalmente do público infantil. No domingo, 1º, haverá reapresentação, a partir das 10h. O mercado de pet shop é um dos que mais cresce na economia brasileira.

Quem passou pelos estandes da feira, também pôde conferir os visuais propostos pelos donos de raças de todos os portes, desde a pintcher Lady Kate, que desfilou com um traje de noiva, até a cadela Floripa, especializada em busca e salvamento e integrante do grupo de resgate do Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina.

Além do desfile de moda com tendências para a bicharada, o público também assistiu a shows de acrobacias, concentração e agilidade, transformação de visual, tosas ao vivo e um disputado concurso de beleza de cachorros.

A produção de moda deste setor não para de inovar e há grifes especializadas que apostam nas mesmas tendências que estampam capas de revistas e as vitrines das lojas mais luxuosas, cobiçadas por humanos.

De acordo com Léo Costa, 31, da pet shop São Bernardo, uma das empresas organizadoras do desfile, conta que alguns destes animais recebem carinho e presentes de alto valor. “Muitas famílias adotam o cachorro como filho e consomem muito para presentear seus bichos, o que faz este ser um dos segmentos que mais cresce no país”, afirma.

Além de cores, modelagem e acabamentos de alto padrão, a tecnologia não é deixada de lado. Os looks são elaborados com materiais antialérgicos e antitranspirantes. Casacos em tricô, coleiras diferenciadas e acessórios, que poderiam completar o figurino dos humanos mais antenados, também se destacam nas pet coleções.

 

Cachorro, animal preferido

No Brasil há 25 milhões de cães e sete milhões de gatos nas classes A, B e C, segundo a Comissão de Animais de Companhia do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal. Nas residências brasileiras onde há cães ou gatos, o cachorro é o animal de estimação preferido, atingindo 79% das escolhas e os gatos 10%.  Cães e gatos coexistem em 11% dos lares que têm animais de companhia.

O gasto médio com produtos e serviços per capita/ano é de R$ 390, entre pet food, produtos farmacêuticos, vacinas, embelezamento e acessórios, totalizando R$ 16 bilhões de faturamento, segundo dados da Anfalpet (Associação Nacional dos Fabricantes de Alimentos para Animais de Estimação).

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade