Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Meta é vacinar 100 mil crianças contra a pólio e o sarampo neste sábado em Santa Catarina

Estado não tem casos recentes registrados, mas o vizinho Rio Grande do Sul tem 13 pessoas infectadas com sarampo, além das centenas nas regiões Norte e Sudeste

Michael Gonçalves
Florianópolis
17/08/2018 às 22H52

Para reduzir o risco de reintrodução dos vírus da poliomelite e do sarampo no Brasil, acontece neste sábado (18), das 8h às 17h, o dia D de mobilização nas 1.102 salas de vacinação de todos os 295 municípios catarinenses. Santa Catarina ainda não tem casos recentes registrados, mas o vizinho Rio Grande do Sul tem 13 pessoas infectadas com sarampo, além das centenas de casos confirmados nas regiões Norte e Sudeste neste ano.

A meta da Dive-SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica) é de vacinar 95% do total de 339.800 crianças, de 1 a 4 anos, 11 meses e 29 dias. Até sexta-feira (17), a meta no Estado estava em torno de 27%, praticamente idêntica à nacional, e em Florianópolis de 22%, mas ambas estão fora do ideal para o período que deveria ser 32%.

No Brasil, a imunização de bebês e crianças apresentou a menor taxa dos últimos 16 anos em 2017 - Marcello Casal Jr/Agência Brasil/Divulgação/ND
No Brasil, a imunização de bebês e crianças apresentou a menor taxa dos últimos 16 anos em 2017 - Marcello Casal Jr/Agência Brasil/Divulgação/ND

O diretor da Dive-SC, Eduardo Macário, lembra que três crianças já morreram de sarampo este ano na região Norte do país. “Estamos com média de 27% de cobertura vacinal nesta sexta-feira, porque a procura ainda é baixa no Estado. A nossa expectativa é de vacinar 100 mil crianças em um único dia, neste sábado, porque já temos mais de 1 mil casos de sarampo confirmados no país. Apesar de erradicada no Brasil, a pólio também precisa de atenção porque dezenas de crianças também já sofreram com essa doença”, explica.

O objetivo da campanha é formar uma barreira sanitária, captando também aquelas crianças que não foram vacinadas ou não obtiveram resposta imunológica satisfatória à vacinação. Em função disso, a gerente de imunização da Dive-SC, Vanessa Vieira da Silva, destaca que mesmo as crianças com a carteira de vacinação em dia devem comparecer a uma unidade de saúde.

A campanha de vacinação segue até 31 de agosto. “Naturalmente, os pais deixam para vacinar os seus filhos no final da campanha, mas já temos crianças infectadas em vários Estados, incluindo o Rio Grande do Sul, e por isso pedimos para que as vacinas sejam aplicadas o mais rápido possível para evitarmos um surto”, diz Vanessa.

Adultos precisam verificar as doses pela faixa etária

A gerente de imunização da Dive-SC, Vanessa Vieira da Silva, ressalta que a única contraindicação para as vacinas contra a pólio e o sarampo diz respeito às crianças com as doenças do sistema imunológico. Em função disso, todas as outras crianças devem ser vacinadas. A vacina do sarampo também está no calendário básico para os adultos.

Pessoas que nunca contraíram o sarampo e não lembram se foram vacinadas, devem procurar os postos de saúde. “Os adultos de até 29 anos devem ter tomado duas doses e quem tem idade superior é necessária apenas uma dose, que pode ser a da infância. Quem não lembra se foi vacinado, pode tomar a vacina sem problema”, explica Vanessa.

 

OS NÚMEROS

Vacinação em Santa Catarina

Público alvo: 339.800 crianças

Poliomelite: 93.625 (27,55%)*

Sarampo: 94.507 (27,81%)*

Em Florianópolis

Público alvo: 23.930**

Poliomelite: 3.990 (19.89%)*

Sarampo: 5.084 (25,35%)*

No Brasil

Público alvo: 11.213.278 crianças

Poliomelite: 3.042.351 (27,13%)*

Sarampo: 3.143.151 (28,03%)*

 

* Até as 12h, de 17 de agosto;

** Secretaria Municipal de Saúde

Fonte: Programa Nacional de Imunizações

 

Como funciona a meta de campanha

1ª semana: 6 a 12 de agosto – em torno de 16% de cobertura vacinal

2ª semana: 13 a 17 de agosto – em torno de 32% de cobertura vacinal

Dia D: 18 de agosto - em torno de 62 % de cobertura vacinal

3ª semana: 19 a 26 de agosto - em torno de 78% de cobertura vacinal

4ª semana: 27 a 31 de agosto - em torno de 95% de cobertura vacinal.

Fonte: Dive-SC

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade