Publicidade
Quinta-Feira, 22 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 19º C

Mesmo sem neve, Serra catarinense tem fim de semana de pousadas lotadas

O fenômeno não será registrado nos próximos cinco dias, garante o engenheiro agrônomo Ronaldo Coutinho

Stefani Ceolla
Florianópolis

Não nevou, mas nem precisou. O setor hoteleiro da Serra catarinense comemorou o primeiro fim de semana de frio intenso. Vera Zili, proprietária da posada Kiriri-Etê, em Urubici, sequer contava com a possibilidade de neve, confirmada durante a semana passada, para que seu estabelecimento ficasse lotado. As reservas foram feitas muito antes. No sábado e domingo, as 14 suítes estavam preenchidas, com cerca de 40 pessoas no local. Os turistas queriam, é claro, ver o fenômeno que estava prometido, mas não se frustraram com a ausência dos famosos flocos brancos. A paisagem em Urubici, por si só, já é encantadora.

Divulgação/Marilia Oliveira/ND
Mesmo sem neve, o sincelo foi registrado nas primeiras horas da manhã de sábado

 

“A pousada já estava lotada antes do anúncio de que poderia nevar. Para alegria nossa, o número de reservas está muito grande esse ano. Bem melhor que no ano passado”, conta Vera. Apesar de confirmar que “está muito frio”, ela não ousa reclamar. É ele que garante o sustento do local e a expectativa é de que, nos próximos meses, o movimento seja tão intenso quanto foi no último fim de semana.

A expectativa de neve não deve se confirmar nos próximos dias. Segundo o meteorologista Ronaldo Coutinho, “até sexta-feira não tem possibilidade”. Isso porque, a  semana começa com nova frente fria no Estado, que trará chuva. Na quarta-feira, chega outra, mais seca. Na quinta-feira, pode ocorrer geada nos pontos mais altos do Estado. “Domingo que vem inicia outra onda de frio forte, mas confirmação de previsão de neve ainda não tem”, informa Coutinho.

 

Contra o friozinho, lazer ao ar livre na Grande Florianópolis

Se na Serra a expectativa era de neve, no litoral deu até para se esquentar ao ar livre. Para aqueles que frequentaram o Passeio Pedra Branca, em Palhoça, na tarde de domingo, a receita para espantar o frio era simples: chimarrão, agasalho e atividade física. Everton Garcia, 40, e a família, aproveitaram a tarde no local. Eles moram em um bairro próximo dali e decidiram curtir o sol. “Costumamos vir sempre. É tranquilo, seguro”, conta sua mulher, Leticia Fonseca, 40, enquanto observam os filhos Renan, 5, e Maysa, 12, brincar na grama. Os amigos Tainara Lopes, 19, e Volney Fonseca, 33, acompanharam.

Rosane Lima/ND
A família de Everton Garcia aproveitou o sol para curtir o dia ao ar livre
Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade