Publicidade
Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 17º C

MEC passará a avaliar qualidade de ensino de creches e pré-escolas

Ministério também anunciou que avaliação da alfabetização das crianças brasileiras será adiantada para o 2º ano do ensino fundamental

Folha de São Paulo
Brasília (DF)
28/06/2018 às 16H54

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O MEC (Ministério da Educação) passará a avaliar a qualidade da educação infantil (creches e pré-escolas) a partir de 2019, por meio do Saeb (Sistema de Avaliação do Ensino Básico).

A avaliação será feita por meio de questionários para o corpo docente das unidades de ensino, sem provas para os alunos, anunciou o ministro da pasta, Rossieli Soares, nesta quinta-feira (28). 

"A discussão da educação infantil no processo de educação, sem prova cognitiva para os alunos é importante, você saber o que está sendo ofertado a partir da estrutura, da formação da educação infantil, creche", afirmou Soares.

Creche Assis - /ND
Avaliação será feita por meio de questionários para o corpo docente das unidades de ensino, sem provas para os alunos - Arquivo/ND


O ministro também anunciou outras mudanças no Saeb. Entre elas, está a a inclusão de avaliação de ciências da natureza e ciências humanas para alunos do 9º ano do ensino fundamental, conforme a BNCC (Base Nacional Comum Curricular), aprovada no final de 2017.

Além disso, a avaliação da alfabetização das crianças brasileira será adiantada para o 2º ano do ensino fundamental, anunciou nesta quinta-feira (28) o Ministério da Educação. Nesta etapa, as crianças também terão os conhecimentos de matemática medidos.

As provas serão realizadas a cada dois anos, com a divulgação de dados ocorrendo nos anos pares e as avaliações em anos ímpares.

Hoje, o MEC aplica provas de português para alunos do 3º ano do ensino fundamental e de português e matemática para o 5º e o 9º ano fundamental e o 3º ano do ensino médio.

Segundo o ministério, as matrizes de avaliação serão atualizadas tendo como referência a BNCC. A última atualização delas havia sido feita em 2001, de acordo com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). 

As mudanças da avaliação eram esperadas. A mudança na data da prova de alfabetização, que deixará de se chamar ANA (Avaliação Nacional de Alfabetização), para ser tratada também como etapa do Saeb, estava prevista desde 2017. 

Há ainda a previsão de inclusão de ciências da natureza e ciências humanas na avaliação do ensino médio para 2021. Essa alteração, contudo, ainda não está concretizada e pode ser mudada com a troca de governo no próximo ano. Segundo o ministro, as eleições não devem afetar as mudanças previstas para 2019 uma vez que as etapas pré-prova já estão sendo realizadas. 

O ministério também estuda fazer testes com aplicação digital das provas já em 2019 para alunos do 9º ano do ensino fundamental e estender a aplicação para todas as escolas privadas, que hoje podem escolher se participam ou não. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade