Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Marginal da avenida Beira-Mar Norte tem faixa aberta ao tráfego

A nova faixa serve para acesso de veículos à Polícia Federal, à Justiça Federal e ao Ministério Público Federal. O antigo acesso foi fechado

Redação ND
Florianópolis

Apesar do tempo chuvoso, a secretaria municipal de obras abriu ao tráfego, às 7h desta quarta-feira (13), uma das duas faixas do prolongamento da marginal da Beira-Mar Norte, entre o Direto do Campo e a sede da PF (Polícia Federal).

Prefeitura/Divulgação
Novo acesso foi liberado pela manhã

 

Essa faixa liberada serve basicamente ao trânsito local, para acesso de veículos à própria PF, à Justiça Federal e ao Ministério Público Federal, pois o antigo acesso foi fechado. Pela manhã, o antigo acesso foi bloqueado com cones, mas ainda durante o dia a equipe começará a fazer o fechamento com a construção de um novo meio-fio.

O estacionamento de veículos em frente ao prédio da Polícia Federal continua aberto, mas o acesso a ele será por outro caminho: os motoristas devem entrar na faixa que foi liberada na marginal da Beira-mar, pouco depois do Direto do Campo, e seguir até o fim do canteiro central, próximo ao Ministério Público Federal, contorná-lo à esquerda e retornar no sentido contrário da via. Posteriormente, com projeto do anel viário, o estacionamento será extinto.

A nova marginal só não é liberada totalmente, segundo o secretário de Obras, Ivan Luiz Schneider, porque ainda faltam alguns serviços de acabamento. Diante da Casa da Agronômica, por exemplo, faltam as calçadas e a conclusão do muro e da guarita da segurança do governador. Dentro de aproximadamente 15 dias, ainda segundo ele, as duas pistas estarão livres para o tráfego.

Anel viário

O prolongamento da marginal da Beira-Mar Norte faz parte do projeto que vai implantar o anel viário com o corredor exclusivo para ônibus de Florianópolis. O anel terá 17 km de extensão e fará todo o contorno na região central, passando pelo Ticen, Beira-Mar Norte, Trindade, Pantanal, Saco dos Limões e Prainha.

Entre outros benefícios previstos no projeto, estão a melhoria nas calçadas ao longo da via, o sistema de controle integrado de semáforos, sinalização horizontal e vertical, as faixas de pedestres e os abrigos de passageiros.

O prazo para conclusão do anel viário é de três anos. As obras, que contam com recursos municipais, estaduais e federais, dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), estão orçadas em torno de R$ 150 milhões.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade