Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

“Vivemos a democracia da eficiência”, diz Michel Temer durante palestra em Florianópolis

O vice-presidente abriu a Conferência Direito, Democracia e Liberdade de Expressão, destinada a advogados e jornalistas

Keli Magri
Florianópolis

O vice-presidente da República, Michel Temer, doutor em direito e considerado um dos maiores constitucionalistas do Brasil defendeu a eficácia da Constituição Brasileira para o sistema democrático na noite de quarta-feira (30), em Florianópolis. Ele abriu a Conferência Direito, Democracia e Liberdade de Expressão, realizada pela OAB-SC (Ordem dos Advogados do Brasil em Santa Catarina) e ACI (Associação Catarinense de Imprensa). O evento é destinado a advogados e jornalistas e segue até o final da tarde desta quarta na sede da entidade. Mais de 1.000 pessoas são esperadas.

 

Débora Klempous/ND
O vice-presidente foi recebido pelo presidente da OAB-SC Tullo Cavallazzi Filho

 

Temer fez uma rápida explanação histórica da formação da Constituição Brasileira e se deteve em reafirmar a principal tese que ela impõe: “o Brasil é um Estado democrático de direito. Nós vivemos uma democracia plena”, ressaltou.

O termo eficiência foi destacado pelo vice-presidente. Segundo ele, as manifestações nas ruas indicam um novo nível de democracia no país. “Vivemos a democracia da eficiência. A população com mais condições sociais e econômicas garantidas pela aplicabilidade da Constituição, passa a cobrar que a administração pública seja eficiente. Temos que ser, tanto no serviço público quanto na arte política”, afirmou.

Ao relacionar o tema da palestra ao do evento, disse que advocacia, imprensa e poder Legislativo são irmãos siameses. “Se querem acabar com a democracia, calem o jornalista, fechem o Legislativo e eliminem os advogados”, enfatizou ele, ao destacar que as profissões são as que mais lutam pela democracia e liberdade de imprensa no país.

Foi por esta defesa que o vice-presidente foi convidado para abrir a Conferência da OAB. O presidente da entidade Tullo Cavalazzi, destacou que Temer criou os artigos 5 e 133 da Constituição que garantem liberdade de expressão e democracia no Brasil.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade