Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Jovem de 21 anos é preso acusado de estuprar a própria enteada, de 13 anos, no Sul de SC

Abuso ocorreu após a garota se recusar a fazer sexo com o padrasto, que a levou para local isolado depois que os dois foram comprar sorvete

Redação ND
Florianópolis
06/08/2018 às 20H16

Um homem de 21 anos foi preso acusado do crime de estupro de vulnerável, após uma situação de abuso envolvendo a enteada, de 13 anos, em Nova Veneza, no Sul de Santa Catarina. O crime ocorreu na comunidade do Caravaggio. Após se recusar a fazer sexo com o rapaz, a adolescente foi encontrada machucada, com marcas de agressão pelo corpo e tentativas de estrangulamento.

Segundo as informações repassadas à polícia, o jovem e a enteada foram de moto a uma venda comprar sorvete. Na volta, o rapaz pegou um caminho alternativo e levou a garota para uma estrada de chão batido. No local, tentou convencê-la a fazer sexo com ele. Ela se negou e acabou sendo agredida pelo padrasto.

O rapaz deixou a adolescente no local e voltou para casa. Lá, contou à mãe dela, uma mulher de 43 anos, que eles foram abordados por homens armados, que estavam em um veículo. Na versão dele, os criminosos teriam tentado sequestrar a garota e a agrediram.

Desconfiada da história, a mãe da adolescente foi até o local e encontrou a filha, que teria sido ameaçada pelo seu agressor para não contar a história à família. Em seguida, a mãe levou a garota para casa e deixou o agressor no local. Quando ele retornou para casa, foi segurado por familiares até a chegada da polícia.

O homem foi levado para a delegacia, onde a situação foi esclarecida. Embora não tenha havido conjunção carnal, o agressor responderá pelo crime de estupro de vulnerável. Conforme o artigo  217-A do Código Penal, o crime é considerado toda vez que há conjunção carnal ou a pratica de outro ato libidinoso com menor de 14 anos. A pena deste crime pode variar entre oito e 15 anos de prisão.

Com informações da RICTV Record SC.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade