Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Japão decreta emergência nuclear

Usina de Fukushina registra pressão elevada no sistema interno

Redação ND
Florianópolis

Atualiaza as 20h38

A usina de Fukushina, no Japão, registra um vazamento de 1 mil vezes acima do normal. O governo japonês confirmou o vazamento na usina nuclear Fukushima Daiichi Nº 1, e indicou a concentração de material radioativo escapando das instalações. Funcionários da empresa teriam reportado ao ministro do Comércio e da Indústria japonês, Banri Kaieda, um aumento na pressão do sistema interno. Segundo informações, o sistema de refrigeração deixou de funcionar depois do terremoto, o que poderia prejudicar o funcionamento dos reatores.

Em função dos problemas na usina, o  país decidiu declarar emergência nuclear. A população em volta da usina foi retirada de suas casas num raio de dez quilômetros.

Em Viena, a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) informou que as quatro usinas nucleares japonesas situadas perto da área atingida pelo terremoto desta sexta-feira foram fechadas em segurança.

Em 2007, um vazamento em Kashiwazaki-Kariwa 1 mil litros de água contaminada.

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade