Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Inscrições abertas para 100 vagas em cursinho pré-vestibular gratuito em Florianópolis

As inscrições estão abertas até o dia 16 de fevereiro para as pessoas de baixa renda e com o desejo de cursar uma universidade

Michael Gonçalves
Florianópolis
08/02/2017 às 14H49

Formado no ensino médio, Arthur Gil, 17 anos, é um dos candidatos as 100 vagas gratuitas do cursinho pré-vestibular do IVG (Instituto Padre Vilson Groh). As inscrições estão abertas até 16 de fevereiro para pessoas de baixa renda e com o desejo de cursar uma universidade pública na Grande Florianópolis. As aulas, na Capital, começam no dia 13 de março, sempre no período noturno. No ano passado, das 118 pessoas que fizeram o curso, 42 foram aprovadas, com aproveitamento superior a 35,59%.

Artur Gil, que tem como objetivo passar no curso de administração, busca uma vaga no cursinho do IVG - Daniel Queiroz/ND
Artur Gil, que tem como objetivo passar no curso de administração, busca uma vaga no cursinho do IVG - Daniel Queiroz/ND


Para a inscrição, o candidato precisa preencher alguns requisitos. Um deles é de não ter reprovado no ensino médio. “Os cursinhos estão muito caros e sem essa opção não teria como me preparar adequadamente. Já fiz os vestibulares da Udesc e da UFSC por experiência e sei que são puxados. Meu objetivo é passar para o curso de administração”, contou Artur, morador do bairro Abraão.

Após o período de inscrição, que conta com uma avaliação presencial, os candidatos passam por uma nova seleção. Segundo a integrante da equipe executiva do IVG, Karla Martins, somente as 100 pessoas mais carentes entre os inscritos serão chamados no primeiro momento. Mesmo assim, existe a possibilidade de mais candidatos serem convocados no decorrer do ano.

“Muitos do nosso alunos remanescentes são aprovados em universidades pela 3ª, 4ª ou 5ª chamadas e, por isso, mais pessoas são relacionadas para o cursinho. Além de preencher os requisitos, eles precisam demonstrar o forte desejo de continuar estudando e precisam seguir algumas regras”, diz Karla. “Nosso índice de aprovação é muito bom, com alunos aprovados em medicina, direito, engenharia civil, geografia, história, entre outros”, completa.

O cursinho do IVG conta com apoio de 25 professores voluntários, que cobram disciplina e responsabilidade dos alunos. Existe o controle de frequência - precisa ser superior a 75%, e na primeira aula a presença é obrigatória, sob a pena de desligamento.

Potencial para buscar vaga em universidade pública

Luiz Fernando Schefer, da equipe executiva do IVG, lembra que diversas pessoas buscam a oportunidade de voltar a estudar com o pensamento de conseguir bolsa em uma universidade particular, por não acreditarem no potencial que têm para ingressarem em universidades públicas. “Recebemos jovens que não acreditam no próprio potencial de entrar para uma universidade gratuita. Ressaltamos que eles têm o mesmo direito e capacidade de uma outra pessoa que tenha estudado em escolas particulares. Mais do que qualificar essas pessoas, o objetivo do cursinho também é o de formar cidadãos”, destaca.

Teoricamente, os alunos têm o custo do transporte e da apostila. Este ano, a apostila custa R$ 60, mas os selecionados podem ter uma surpresa. “Estamos trabalhando para conseguir viabilizar a apostila sem custo, que está praticamente certo. O vale-transporte também é uma possibilidade com o auxílio das prefeituras”, diz Karla Martins, do IGV. As aulas serão no Centro, mas ainda sem um local definido.

Requisitos

Ter estudado em escola pública ou ter sido bolsista de escola particular (pelo menos 50% de bolsa)

Fazer parte de um dos projetos que compõem a rede IVG – (Acam -Associação dos Amigos da Casa da Criança e do Adolescente do Morro do Mocot; CCEA - Centro Cultural Escrava Anastácia; Cedep - Centro de Educação Popular; Associação João Paulo II; Centro Social Elizabeth Sarkamp; Escola Marista São José e Escola Marista Lucia Mayvorne

Ter renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo

Despesas médicas por doenças crônicas podem ser debitadas do cálculo final da renda per capita

Ter disponibilidade para assistir às aulas presencialmente nas noites de segunda à sexta, das 18h30 às 22h

Não ter reprovações no ensino médio ou mais do que duas dependências em cada um dos anos

Se o candidato reprovou por motivos de séria doença pessoal ou de familiar ou condição socioeconômica severamente frágil, desconsidere o item anterior.

Inscrições

Acessar o edital até 17 de fevereiro nos sites: www.redeivg.org.br e www.facebook.com/redeivg

Fazer a impressão e preenchimento do formulário de inscrição

Entregar os documentos comprobatórios juntamente com o formulário de inscrição até 17/02 na sede do IVG, das 9h às 12h e das 13h às 17h, na rua Prefeito Tolentino de Carvalho, 01, Estreito, Florianópolis.

Fonte: IVG

Outros cursinhos gratuitos

Pró Universidade: Informações a partir de março no site http://prouniversidade.com.br/

Integrar, projeto de educação comunitária: Inscrições abertas até 12 de fevereiro no site http://www.projetointegrar.org/

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade