Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Inflação mensal sobe com fim do desconto na conta de luz, aponta IBGE

O aumento do preço da energia no mês foi de 8,98% e respondeu por 0,29 ponto percentual no IPCA de maio

Folha de São Paulo
Rio de Janeiro (RJ)
09/06/2017 às 20H58
Horário de verão deve reduzir o consumo de energia elétrica - USP Imagens/Divulgação/ND
Horário de verão deve reduzir o consumo de energia elétrica - USP Imagens/Divulgação/ND


NICOLA PAMPLONA

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Com o fim dos descontos sobre o preço da energia elétrica promovidos pelo governo em abril, a inflação voltou a subir em maio, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Segundo dados divulgados nesta sexta-feira (9), o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) ficou em 0,31% no mês, contra 0,14% no mês anterior, quando o governo repassou às tarifas de energia desconto por cobrança irregular de energia da usina de Angra 3.

O aumento do preço da energia no mês foi de 8,98% e respondeu por 0,29 ponto percentual no IPCA de maio.

Apesar da alta, diz o IBGE, foi a menor inflação para o mês desde 2007. Em maio de 2016, o IPCA foi de 0,78%.

No acumulado dos últimos 12 meses, a inflação está em 3,60%, bem abaixo do centro da meta oficial do governo, de 4,50%.

Foi a menor taxa em 12 meses desde maio de 2007, quando o IPCA foi de 3,18%.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade