Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Imagem furtada de igreja no Ribeirão da Ilha é encontrada em matagal em Florianópolis

Junto à imagem foi deixado um bilhete, mas seu conteúdo ainda não foi informado

Redação ND
Florianópolis
11/09/2018 às 20H19

A imagem centenária de Nossa Senhora da Lapa, que foi roubada no dia 30 de agosto da igreja da Freguesia do Ribeirão da Ilha, foi encontrada na manhã desta terça-feira (11) em um matagal na rua dos Pinhais, no bairro Tapera, no Sul da Ilha. A Polícia Civil aguarda os resultados da perícia feita pelo IGP (Instituto Geral de Perícias) na imagem para tentar identificar o(s) autor(es) do furto. 

Conforme apurou a equipe de reportagem da RICTV Record, foi um morador quem encontrou a imagem por volta das 7h15 e acionou a polícia. Junto à santa foi deixado um bilhete, mas seu conteúdo ainda não foi informado pela polícia. De acordo com assessoria de imprensa da Polícia Civil, as investigações já avançaram com depoimento de testemunhas e o levantamento de alguns indícios.  Além do conteúdo do bilhete, os investigadores aguardam a perícia do IGP, que poderá apontar a presença de digitais. A  imagem centenária foi levada inicialmente para a 10ª Delegacia de Polícia da Lagoa da Conceição e transferida à tarde para a 2ª DP, no Saco dos Limões.

Por volta das 9h15 a polícia também foi acionada para recolher uma caixa de papelão que foi deixada em frente à igreja. Quem a encontrou acreditava ser o restante dos objetos furtados da capela. No entanto, uma equipe policial esteve no local e descartou essa hipótese. 

A imagem de Nossa Senhora da Lapa chegou à igreja em 1806, vinda de Portugal. Feita em madeira, estava no altar principal da capela quando foi levada, no dia 30. Portas e janelas da igreja não apresentavam sinais de arrombamento e a suspeita é de que os ladrões conheciam o interior do templo religioso.

Também foram levados equipamentos com as gravações das câmeras de segurança, dinheiro de oferta de fieis e 10 peças de prata ou banhadas a ouro que eram utilizadas nas missas. A fiação do sistema de alarme foi cortada.

* Com informações da repórter Karina Koppe, da RICTV Record

A imagem foi deixada em um matagal no bairro Tapera na manhã desta terça - Karina Koppe/RICTV/ND
A imagem foi deixada em um matagal no bairro Tapera na manhã desta terça - Karina Koppe/RICTV/ND



Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade