Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Identificado o homem encontrado morto embaixo da ponte da Barra da Lagoa

Natural de Santa Maria (RS), Rodrigo Acosta Brunelli, 32 anos, teria sido visto fugindo de um grupo de jovens que gritavam "pega ladrão"

Colombo de Souza
Florianópolis

Por meio de impressões digitais, o IGP (Instituto Geral de Perícia) identificou o homem encontrado morto embaixo da ponte da Fortaleza da Barra da Lagoa ontem de manhã. Trata-se do estudante Rodrigo Acosta Brunelli, 32 anos. Ele foi localizado por pescadores artesanais da região por volta das 5h30, boiando à margem da Lagoa da Conceição, no Leste da Ilha.

Brunelli é natural de Santa Maria (RS), mas morava em Florianópolis. Segundo o papiloscopista Ivanildo Alves Pereira, 45 anos, o sistema da Segurança Pública não registra fatos desabonadores do estudante. “A única ocorrência é o registro da perda do documento de identidade em 2009. Ele foi identificado por meio de perícia necropapilioscópica”, disse Pereira, ressaltando que a família ainda não foi localizada.

A causa da morte acusou afogamento, mas o motivo ainda está sendo investigado. Frentistas do posto de gasolina da Fortaleza da Barra disseram na polícia que viram Rodrigo fugindo de um grupo de jovens que gritavam “pega ladrão”. Na fuga, Brunelli entrou embaixo da ponte, onde foi encontrado morto no início da manhã de ontem.

Como há suspeita de homicídio, o caso está sendo apurado pela Delegacia de Homicídios.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade