Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Guarda Municipal de Florianópolis recebe veículos novos para patrulhamento urbano

Instituição recebeu 10 novas motos, mas assinatura do novo plano de carreira foi cancelada por conta da ausência do prefeito

Rafael Thomé
Florianópolis

A GMF (Guarda Municipal de Florianópolis) recebeu 10 novas motos para o serviço de patrulhamento urbano. Os veículos foram entregues ontem na sede da instituição, em Coqueiros, nesta quinta (31) mas a solenidade planejada para o evento, que também contaria com a assinatura do novo plano de carreira dos agentes da GMF e seu posterior encaminhamento para aprovação da Câmara de Vereadores, foi cancelada porque o prefeito Cesar Souza Junior não poderia comparecer.

Rosane Lima/ND
Comandante da Guarda recebe as novas motocicletas

 

Apesar do contratempo, o comandante da GMF, Alex Silveira, agradeceu a entrega dos equipamentos. “São motos do modelo Honda XRE 300, ideal para o patrulhamento. Desde 2010 nossa frota não era renovada, e com essas 10 motos novas vamos ter um reforço grande”, afirmou.

Atualmente, 146 agentes trabalham na GMF e mais 25 estão em formação, com previsão de conclusão do curso no final de maio. Todos esperam a implantação do novo plano de carreiras, mas, segundo o comando da instituição, não há pressa. “Ficou para uma nova oportunidade [a assinatura e o encaminhamento para aprovação da Câmara de Vereadores]. Vamos aguardar um pouco para não atropelar as coisas, até porque o prefeito queria estar aqui para assinar”, disse Silveira.

Outra demanda dos agentes está em discussão com a prefeitura. Depois da implantação de um grupo de 'Whats App' onde cerca de 300 comerciantes da região central e do Continente podem informar atividades suspeitas ou pedir auxílio em caso de necessidade, a GMF pede a aquisição de tablets para as viaturas, afim de ampliar o projeto. "Hoje, o projeto não é tão amplo, porque depende do guarda municipal usar seu próprio celular para estar em contato com o comerciante. A partir do momento que tivermos os tablets nas viaturas, queremos saltar de 300 para mais de 1.000 comerciantes no grupo", comentou o comandante da GMF.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade