Publicidade
Terça-Feira, 23 de Outubro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Grupo RIC divulga segunda pesquisa estimulada de votos para presidente em SC

Jair Bolsonaro (PSL) lidera e Fernando Haddad (PT) aparece em segundo lugar

Redação ND
Florianópolis
25/09/2018 às 19H37

O Grupo RIC divulgou terça-feira à noite a pesquisa eleitoral com intenções de votos em Santa Catarina para a Presidência da República. Encomendada pelo Grupo RIC/Fecomércio junto ao Instituto Real Time Big Data, o levantamento foi repercutido em parceria com os jornais da ADI-SC (Associação de Diários do Interior) e ADJORI-SC (Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina.

>> Grupo RIC/Fecomércio divulgam nova pesquisa eleitoral para governador e senador em SC

O novo cenário de intenções de voto para presidente em Santa Catarina aponta o crescimento de 12 pontos percentuais do candidato Jair Bolsonaro (PSL), em relação à pesquisa estimulada divulgada em 5 de setembro, confirmando o perfil ideológico do eleitor catarinense, mais conservador do que a média nacional.

Pesquisa encomendada pelo Grupo RIC - Infográfico Editoria de Arte/Rogério Moreira Jr/ND
Pesquisa encomendada pelo Grupo RIC - Infográfico Editoria de Arte/Rogério Moreira Jr/ND


Com 41% das intenções de voto, Bolsonaro agora tem um novo perseguidor, o candidato Fernando Haddad (PT), com 14%. O candidato petista também apresentou um crescimento de nove pontos percentuais em relação à pesquisa estimulada de 5 de setembro, refletindo a definição da candidatura do ex-prefeito de São Paulo e a tendência nacional de polarização da disputa entre os extremos (direita e esquerda).

Outro dado relevante foi a redução do percentual de indecisos. Em 5 de setembro, os indecisos representavam 15% das intenções de voto. Agora, são apenas 8%. Por outro lado, os nulos e brancos tiveram uma queda menos acentuada e agora representam apenas 12%, contra 16% da pesquisa anterior.

Segundo colocado na pesquisa de 5 de setembro, o candidato Geraldo Alckmin (PSDB) agora amarga a terceira colocação com 5%, perdendo quatro pontos percentuais em relação à pesquisa anterior (9%).  O candidato tucano aparece empatado tecnicamente com os candidatos Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (REDE), ambos também com 5%, e João Amoedo (Novo), com 4% e Alvaro Dias (PODE), com 3%.  

Dos quatro candidatos, Ciro Gomes manteve o mesmo percentual, mas Marina Silva, Alvaro Dias e João Amoedo perderam dois pontos percentuais em relação à pesquisa anterior. Já o candidato Henrique Meirelles (MDB) apresentou os mesmos 2 pontos percentuais da pesquisa anterior.

Publicidade

19 Comentários

Publicidade
Publicidade