Publicidade
Quinta-Feira, 20 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 18º C

Grupo RIC divulga pesquisa de intenção de votos dos catarinenses

O público foi questionado sobre a preferência em todas as candidaturas nas principais cidades do Estado

Redação ND
Florianópolis
23/11/2017 às 11H00

No próximo ano, brasileiros comparecerão às urnas para eleger um novo presidente da República, senadores, governadores deputados federais e estaduais. Ciente da importância desta eleição, capaz de mudar o quadro político e institucional do país, o Grupo RIC apresenta a primeira pesquisa de intenção de votos dos catarinenses. A divulgação será feita nesta quinta (23) pelo RIC Notícias, exibido a partir das 19h15, na RIC TV, e logo em seguida no NDonline.

Para identificar a intenção dos catarinenses o Grupo RIC, em parceria com a ADI-SC (Associação de Diários do Interior), contratou o Instituto Mapa, referência em pesquisas de opinião e mercado. O público foi questionado sobre a preferência em todas as candidaturas nas principais cidades do Estado. Outras pesquisas estão planejadas até 2 de outubro, quando ocorre o primeiro turno.

O projeto de cobertura do Grupo RIC é integrado com 21 diários da ADI-SC e o SC Portais reunindo impresso, digital e televisão para detalhar a corrida eleitoral até a contagem final dos votos. A rotina dos candidatos, o perfil completo e as propostas terão visibilidade. Serão realizados debates com transmissão estadual mediado pelo apresentador e comentarista Paulo Alceu.

Em fevereiro um ciclo de seminários em diferentes municípios trará palestras de especialistas em política do Brasil e de outros países e a participação do empresariado catarinense. A ideia é fazer um diagnóstico do Estado, identificando correções necessárias e rumos possíveis.

Para o presidente do Grupo RIC em Santa Catarina, Marcello Corrêa Petrelli, a imprensa tem papel fundamental no processo eleitoral para informar e formar opinião. “É importante que as pessoas conheçam a vida dos candidatos, o que de fato fizeram para promover o fortalecimento dos Poderes”, afirmou.

Publicidade

4 Comentários

Publicidade
Publicidade