Publicidade
Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 19º C

Grupo cometia crime de prostituição infantil é investigado no Litoral Norte de SC

A Polícia Federal cumpriu três mandados de busca e apreensão nos municípios de Itajaí, Camboriú e Balneário Camboriú

Redação ND
Florianópolis
01/11/2017 às 17H22

A Polícia Federal desencadeou na manhã desta quarta (1), a Operação Cobiça, que investiga crimes de produção e divulgação pela internet de imagens de crianças e adolescentes em cenas pornográficas. Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão nos municípios de Itajaí, Camboriú e Balneário Camboriú.

A PF descobriu que um pedófilo do Rio de Janeiro, fazendo-se passar por uma mulher agenciadora e empresária, anunciava, pelo Facebook, a seleção de crianças e adolescentes para atuarem como modelos. As mães interessadas, seguindo orientação do falso agenciador, passaram a enviar fotografias de suas filhas. As fotografias das meninas nuas e, muitas delas, em poses sensualizadas, eram compartilhadas pelo criminoso por meio da internet.

A Polícia Federal alerta que esse golpe tem sido muito comum e que os envolvidos, tanto o “agenciador” quanto os produtores e fornecedores das imagens pornográficas infantojuvenis, poderão ser condenados a penas que variam de quatro a oito anos de reclusão. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade