Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Governo de Santa Catarina investe em segurança digital contra o crime organizado

Polícias Civil e Militar usam a tecnologia da informação para prestar serviço rápido e preciso à população

Colombo de Souza
Florianópolis
17/11/2017 às 09H13

A SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública) aproveita os recursos de tecnologia da informação e presta serviço rápido, preciso e, ao mesmo tempo, compartilha conteúdos de segurança com usuários dos sistemas operacionais Android e iOS. Recentemente, a Polícia Civil lançou o aplicativo Polícia + Perto. Por meio desta ferramenta, o usuário encontra a delegacia mais próxima do ponto onde está, com informações do número de telefone e a distância a ser percorrida. A Polícia Civil ainda disponibiliza a Delegacia Virtual. Sem sair de casa, o cidadão pode registrar delitos de menor potencial ofensivo.

WatsApp Denúncia é uma das novidades da Polícia Civil de Santa Catarina - James Tavares/Secom
WhatsApp Denúncia é uma das novidades da Polícia Civil de Santa Catarina - James Tavares/Secom



Ontem, a Polícia Civil lançou mais uma novidade, o WhatsApp Denúncia, pelo número (48) 98844-0011. “Este aplicativo representa mais uma importante forma de mobilização social contra a violência e a criminalidade”, destacou o delegado-geral Artur Nitz. “O cidadão poderá enviar mensagens com fotos, vídeos e documentos para auxiliar nas investigações”, explicou. 

Nitz ressaltou que todas as informações são analisadas por policiais da DIPC (Diretoria de Inteligência da Polícia Civil) antes de o conteúdo ser repassado às delegacias. “Este compartilhamento é de fundamental importância para melhorar a segurança”, disse. De acordo com Nitz, a ideia é que a sociedade participe e colabore com a polícia.

A expectativa, segundo o delegado-geral, é que com a nova ferramenta o número de denúncias aumente, já que o aplicativo é popular, rápido de usar e funcionará 24 horas por dia com garantia de anonimato. Além destes aplicativos, a Polícia Civil ainda disponibiliza canais de comunicação com a sociedade, através do Twitter (@pcsc_oficial), Facebook e site.

Polícia Militar

A Polícia Militar também utiliza ferramentas on-line no combate à criminalidade. Em Florianópolis, 100% das viaturas são equipadas com tablet, impressora digital e plataformas inerentes ao policiamento ostensivo. Por meio do aplicativo PMSC Mobile, por exemplo, o policial consegue visualizar conteúdos das câmeras de segurança instaladas nas ruas por onde ele faz a ronda.

“O aplicativo foi selecionado como um dos cinco vencedores da categoria ‘Inovação em processos organizacionais, serviços ou políticas públicas no Poder Executivo estadual/distrital’, no 21º Concurso de Inovação no Setor Público, promovido pela Escola Nacional de Administração Pública, em Brasília”, contou o major Pablo Neri Pereira, lotado no Estado Maior da Polícia Militar. A corporação ainda divulga suas ações no youtube (www.youtube.com/user/pmscfotoevideo).

No entanto, o mais novo projeto em plataforma digital, PMSC Cidadão, foi apresentado ao governo do Estado na última segunda-feira. “A ferramenta tem o objetivo de permitir que o cidadão acione o 190 da PM sem fazer ligação, garantindo agilidade nos serviços de segurança e ajuda em situação de risco”, explicou o major.

Responsável pela coordenação do projeto, o tenente-coronel Jorge Eduardo Tasca explicou que bastará poucos toques na tela do celular para que a pessoa entre em contato com a PM. “O cidadão só precisará responder perguntas com respostas sim e não”, disse. Além disso, ele poderá enviar fotos, vídeos e áudios. A localização será transmitida por meio de GPS.

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade