Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Funeral de dom Paulo Evaristo Arns chega ao terceiro dia em São Paulo

A cada duas horas é feita uma celebração, totalizando 23 missas de corpo presente. Cerimônia será encerrada na tarde desta sexta-feira

Agência Brasil
São Paulo
16/12/2016 às 10H33

O velório de dom Paulo Evaristo Arns chega nesta sexta-feira (16) ao terceiro dia de celebrações e despedidas. A movimentação ainda é intensa durante a manhã na Catedral Metropolitana de São Paulo, na Sé, região central da cidade. O velório do cardeal segue ininterruptamente desde quarta-feira (14). 

Dom Paulo Evaristo Arns estava internado desde novembro - Arquidiocese de São Paulo/Divulgação/ND
Dom Paulo Evaristo Arns estava internado desde novembro - Arquidiocese de São Paulo/Divulgação/ND



Estiveram presentes amigos, admiradores, religiosos e autoridades. Entre os que já se despediram do cardeal, está o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e os três irmãos: Otília Arns, Zélia Arns e Felipe Arns.

A cada duas horas é feita uma celebração, totalizando 23 missas de corpo presente. A cerimônia será encerrada às 15h desta sexta-feira, com missa presidida pelo arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer.

>> Após uma vida exemplar, dom Paulo Evaristo Arns disse que iria "para os braços do Pai"

Ao final, o corpo de dom Paulo será levado para a cripta, localizada no subsolo da catedral, onde estão sepultados 11 bispos, dois arcebispos, o cacique Tibiriçá, que foi catequizado por jesuítas, o regente Feijó e o padre Bartholomeu de Gusmão, que ficou conhecido pela invenção de balões.

A cerimônia será fechada ao público, com a presença apenas de arcebispos, bispos, autoridades e parentes. Após o sepultamento, a cripta será aberta ao público.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade