Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Fretamento de ônibus de turismo exige cuidados com segurança

Acidente que resultou na morte de 51 passageiros no Norte do Estado acende alerta sobre necessidade de conferir situação do veículo antes de viajar

Viviane de Gênova
Florianópolis

A queda de um ônibus na Serra Dona Francisca, próximo a Joinville, no último sábado (14), levantou uma série de questionamentos sobre as condições do ônibus que levava os 59 passageiros para um evento religioso. Do total, 51 pessoas morreram. As causas ainda estão sendo averiguadas, mas especialistas acreditam que a maioria dos acidentes poderia ser evitada se observadas algumas questões de segurança na hora de contratar uma empresa de viagem para excursões.

Para o diretor do Sintraturb (Sindicato dos Trabalhadores do Transporte da Grande Florianópolis), Deonísio Linder, conhecer o veículo que fará a viagem é fundamental. E não se trata apenas de anotar a placa ou o modelo do ônibus, mas de entrar no veículo e conferir questões como cintos de segurança e saídas de emergência. “A legislação que as empresas seguem é defasada, de 1978. Não exige, por exemplo, uma idade máxima do veículo que pode rodar pelas estradas. Portanto, é importante ver se o ônibus é novo, pois quanto mais velho, pior é”, argumenta.

Ainda segundo ele, também é recomendável que o contratante confira os documentos do motorista. “Muitas empresas trabalham com um número mínimo de motoristas e, por isso, contratam outros como freelancer. E como saberemos se esses contratos estão suficientemente descansados para a viagem? É um perigo. Por isso, somente devem fretar um ônibus com motoristas registrados em nome da empresa e que ela garanta todos os seus direitos, como o descanso do sétimo dia depois de seis de trabalho”, comenta.

Também é possível de verificar se a empresa tem autorização para viajar através do site da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). No endereço www.antt.gov.br, no link Espaço do Passageiro, o usuário poderá consultar pela placa do veículo ou CNPJ da empresa se ela segue todas as normas estabelecidas pela agência. 

Recomendações

- Não levar em consideração somente o preço mais em conta, mas a empresa mais segura para a viagem

- Solicitar laudo de vistoria do veículo, assim como conhecer seu interior

- Conferir a documentação do motorista

- Averiguar a segurança e a higiene do veículo

- Conferir autorização do órgão responsável para a empresa fazer a viagem

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade