Publicidade
Quinta-Feira, 20 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 18º C

Florianópolis recebe Centro de Engenharia e Tecnologia da Embraer

A estrutura está localizada no Parque Tecnológico Alfa, na Capital catarinense

Redação ND
Florianópolis
25/08/2017 às 14H54

O governador Raimundo Colombo inaugurou na manhã desta sexta-feira (25), o Cete-SC (Centro de Engenharia e Tecnologia da Embraer), no prédio da incubadora Celta, localizado no Parque Tecnológico Alfa, em Florianópolis. A estrutura vai centralizar a gestão dos projetos desenvolvidos em Santa Catarina, que incluem parcerias com empresas privadas e com a Certi (Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras).

Também participaram do ato o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação, do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Álvaro Prata; o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Sergio Gargioni; o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Carlos Chiodini; o diretor presidente da Embraer, Paulo Cesar Silva; o vice-presidente de Engenharia e Tecnologia da Embraer, Humberto Pereira; e o superintendente geral da Fundação Certi, José Eduardo Fiates.

Governador assinou a parceria com a Embraer - James Tavares/Divulgação/ND
Governador ainda assinou um contrato de R$ 5,5 milhões entre a Fapesc e a Certi - James Tavares/Divulgação/ND



“Estamos ganhando um grande espaço tecnológico, porque é um setor com tecnologia de ponta e nós temos uma comunidade bastante preparada para essa parceria. Nós abrimos as portas para o futuro, no campo extraordinário que é o aeronautica. É um passo gigantesco para o desenvolvimento desse setores em Santa Catarina”, destacou Colombo.

A qualidade da engenharia e as iniciativas do Governo do Estado por meio da Fapesc foram fatores fundamentais na decisão da Embraer instalar o Cete na capital catarinense. Outro ponto positivo é a parceria com a Certi que conta com a experiência dos especialistas de competências técnico-científicas em eletrônica, software, metrologia e instrumentação.

“Nós estamos aqui fazendo inovação importante porque é um polo bastante forte no Estado, principalmente em Florianópolis. Vamos desenvolver sistemas eletrônicos para aeronaves de uma forma bastante eficiente. Hoje nós importamos esses equipamentos. E agora temos a possibilidade de fazer o desenvolvimento aqui no Brasil, dando a possibilidade de inovar e trazer realmente o desenvolvimento interno do país através da inovação”, explicou o diretor presidente da Embraer, Paulo Cesar Silva.

Na ocasião foi assinado um novo contrato de R$ 5,5 milhões entre a Fapesc e a Certi, para dar continuidade ao desenvolvimento de tecnologia em sistemas eletrônicos para uso aeronáutico. O valor será repassado pelo Governo do Estado, por meio da Fapesc, até 2019. “O Estado tem feito investimentos na Certi, mesmo nessa época de crise, para que não pare com nenhum projeto de inovação e tecnologia”, disse o governador.

A Certi trabalha em projetos para o desenvolvimento da tecnologia aeronáutica, que é resultado de um convênio de R$ 13 milhões repassados pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) em 2015, para o desenvolvimento de tecnologia pré-competitiva de sistemas eletrônicos para uso aeronáutico. Desde 2014, a Certi atua como Unidade EmbrapII para sistemas inteligentes, também para apoiar as indústrias do segmento aeroespacial e defesa. A Embraer é a primeira das empresas contempladas pela parceria, que pode se estender a outras instituições.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade