Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Florianópolis conta com guincho que atenderá exclusivamente as pontes Pedro Ivo e Colombo Salles

Problemas mecânicos e acidentes estão entre as ocorrências que tumultuam ainda mais o intenso trânsito no acesso e saída da ilha

Elaine Stepanski
Florianópolis

Todos os dias a Polícia Militar realiza uma média de dez ocorrências nas pontes Colombo Salles e Pedro Ivo Campos devido às falhas mecânicas e acidentes entre veículos, de pequeno e grande porte. Para diminuir as filas e os transtornos causados com estas ocorrências, a Prefeitura de Florianópolis, por meio de uma parceria com o Setuf (Sindicato das Empresas do Transporte Urbano de Florianópolis), o grupo DVA e a Polícia Militar disponibilizará a partir desta semana um guincho que deverá resolver o problema em um tempo médio de cinco minutos. A entrega do equipamento foi realizada na tarde desta segunda-feira (21), no estacionamento da sede da Guarda Municipal. O equipamento ficará na cabeceira das pontes que ligam a Ilha ao Continente.

Eduardo Valente/ND
Guincho atenderá de forma gratuita os motoristas que tiverem problemas mecânicos nas pontes

 

Devido ao intenso movimento, principalmente na temporada, o serviço será oferecido de forma permanente em Florianópolis. Sem custo algum, o guincho servirá apenas para realizar a remoção do veículo com problema até um local seguro para liberar o tráfego aos demais veículos. “Diante de qualquer problema na ponte, o veículo será levado para a cabeceira da ponte com uma equipe que fará este atendimento inicial. O convênio é permanente e fizemos um esforço de trazer o serviço na temporada, quando temos um trânsito mais intenso”, destacou o prefeito de Florianópolis, Cesar Souza Júnior durante a entrega.  De acordo com ele, o guincho suporta desde um carro de pequeno porte até um veículo de 57 toneladas.

Para o comandante da Polícia Militar, da 1ª região, Renato Cruz, o serviço é de extrema importância, já que além dos casos mais simples, de acidentes leves e falhas mecânicas, há ainda casos não raros de problemas com caminhões que causam longas filas em horários de pico. “Será muito útil principalmente para resolver problemas com caminhões e ônibus. Lembrando que primeiro é preciso acionar a PM pelo 190”, ressalta.   

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade