Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Floram apreende máquina que trabalhava para “grileiro nato” atuante no Ribeirão da Ilha

Maquinário trabalhava em loteamento clandestino em área caracterizada como APL

Redação ND
Florianópolis
21/02/2018 às 17H14
Máquina foi apreendida e levada ao pátio da Floram - Floram/Divulgação
Máquina foi apreendida e levada ao pátio da Floram - Floram/Divulgação


A Floram (Fundação Municipal do Meio Ambiente) apreendeu, na manhã desta quarta-feira (21) uma máquina que trabalhava em um loteamento clandestino no Ribeirão da Ilha, em Florianópolis. A ação foi realizada após denúncia e, segundo Eduardo Ramos, gerente de fiscalização ambiental do órgão, o proprietário das terras é um “grileiro nato”, atuante na região e já conhecido na Floram.

Ainda de acordo com Eduardo, o local é caracterizado como APL (Área de Preservação Limitada), edificável em até 10%, mediante autorizações da fiscalização de obras da SMDU (Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Planejamento e Desenvolvimento Urbano) e Floram.

“É um loteamento clandestino, feito sem qualquer tipo de licenciamento. Já estamos monitorando a área há bastante tempo e existem vários processos administrativos da Floram, vários autos já foram emitidos”, disse. A servidão ainda não é oficial junto à prefeitura e adentra o morro próximo ao antigo Ribeirô Club.

Conforme o gerente, durante a abordagem o operador da máquina comunicou o proprietário, que se recusou a comparecer ao local. O maquinário foi guinchado por caminhão da prefeitura e encaminhado ao pátio da Floram, onde ficará até a conclusão do processo administrativo.

“O operador disse que foi contratado pelo proprietário do lote, mas não soube identificar o nome completo dele, apenas o apelido. A pessoa já é conhecida na Floram, esse cidadão já tem alguns autos de infração. Ele tem lotes na mesma área”, observou Eduardo, ao detalhar que a multa varia de R$ 1 mil a R$ 1 milhão.

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade