Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Festival de inverno de Rancho Queimado é opção de lazer neste final de semana

Município realiza evento cultural e gastronômico para quem curte as férias no pé da serra. Exposição e shows ocorrem no Centro

Everton Palaoro
Rancho Queimado
21/07/2018 às 09H56

Os moradores da região têm um atrativo a mais para visitar Rancho Queimado, além do frio. Neste final de semana, a cidade sedia o Festival de Inverno. São dois dias com exposições, música e gastronomia. O evento começa a partir das 11h deste sábado na praça Leonardo Sell, no Centro. De acordo com a secretaria de Turismo, as pousadas da cidade estão lotadas devido as férias escolares.

Público que comparecer ao festival da cidade terá atrações culturais, música e comida tipíca - Divulgação/ND
Público que comparecer ao festival da cidade terá atrações culturais, música e comida tipíca - Divulgação/ND





Rancho Queimado é um atalho para quem pretende curtir o frio do inverno sem ter que subir a serra. A cidade tem cerca de 2.500 moradores. Nesta época do ano, a população triplica. A rede hoteleira é pequena e comporta aproximadamente 100 leitos. Grande parte dos visitantes fica em sítios alugados ou em condomínios fechados na zona rural.

A diretora de Turismo de Rancho Queimado, Vanucia Gattiboni, explica que o festival muda a rotina dos moradores e principalmente dos turistas. “Normalmente, eles chegam e vão dar uma volta no Centro para conhecer a praça, padarias e cafés coloniais, mas depois vão para os sítios. Com o festival, eles ficam mais tempo no Centro”, argumentou.

Segundo a diretora, as férias escolares ajudam a atrair visitantes. “Desde quinta-feira, a cidade está lotada. Passamos nas pousadas e estão todos muito felizes”, comemorou Vanucia. A prefeitura ainda não tem dados da quantidade de pessoas com imóveis em condomínios fechados. Quem passar pelo festival terá à disposição exposições de artesanato, praça de alimentação e apresentações culturais, como os alunos de acordeon. As atividades são gratuitas e começam às 11h de sábado, que terá ainda uma feijoada organizada pelo grupo Sonnenschein.

Belezas encantam visitantes

Não é de hoje que a cidade é procurada por quem busca ar puro e tranquilidade. O distrito de Taquaras, distante sete quilômetros do Centro, foi escolhido em 1911 pelo então governador Hercílio Luz para instalação de uma casa de campo. O distrito é um charme a parte. Além de sediar a festa do morango, no local é possível encontrar um posto de gasolina Texaco dos anos 1950.

A serra da Boa Vista é um dos atrativos de Rancho Queimado. Lá nascem importantes rios como o Tubarão e o Tijucas. Antes de se transformar em fonte de água das cidades da Grande Florianópolis, eles proporcionam cenários exuberantes com cascatas e cachoeiras. Quem preferir ficar pelo Centro, na pracinha bucólica há feira de produtos coloniais.

Em Rancho Queimado, a altitude média é de 810 metros. No alto da Serra da Boa Vista são 1.200 metros do nível do mar. No pé da serra, o volume da corredeira é de 250 litros por segundo. Quatro quilômetros adiante, com o nome de Rio Invernadinha, uma cascata belíssima surge abaixo da primeira ponte. Essas paisagens ganham mais brilho no inverno.

Programação

Sábado

Feira, Exposições e Praça de Alimentação
11h: Abertura do evento
12h: Feijoada da Integração – Realização do Grupo Sonnenschein, com apresentação de Fabian Chiesa
13h30: Diego Fagundes e alunos de acordeon
14h: Apresentações Culturais
16h: Fabrício Luiz e Fabrício Júnior
19h: Abertura Oficial com convidados e entrega do troféu gastronômico Aldo e Nilza Broering “Destaque do ano”
20h: Só se for Dance – DJ Xispita e banda anos 80, 90 e 2000.
22h30: Grupo Fronteiras
00h30: Encerramento

Domingo
10h: Abertura da Feira
11h: Clóvis Júnior
14h: Apresentações culturais
15h: Grupo Essência Nativa
17h: Banda Engel
19h: Encerramento

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade