Publicidade
Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Feriadão começa com dois lanços de tainha no Campeche, em Florianópolis

Em duas redes foram capturadas cerca de 1.850 tainhas, que equivalem aproximadamente a 4 mil quilos do pescado. Sorriso largo do pescador Aparício Manoel Inácio, que fez o seu maior lanço de 2017

Michael Gonçalves
Florianópolis
15/06/2017 às 15H54

Turistas, moradores e pescadores ficaram fascinados com dois lanços de tainha no feriadão de Corpus Christi, nesta quinta-feira (15) na Praia do Campeche, no Sul da Ilha de Florianópolis. Apesar do tempo quente, em duas redes foram capturadas cerca de 1.850 tainhas, que equivalem aproximadamente a 4 mil quilos do pescado. Sorriso largo do pescador Aparício Manoel Inácio, de 78 anos, que fez o seu maior lanço desta safra.

>> Em 45 dias, 580 toneladas de tainhas foram capturadas em Santa Catarina

Pescado faz a festa de quem passou pela praia do Sul da Ilha - Adriana Laffin/Divulgação/ND
Pescado faz a festa de quem passou pela praia do Sul da Ilha - Adriana Laffin/Divulgação/ND


A pesca da tainha começou em 1º de maio e, segundo a Fepesc (Federação dos Pescadores do Estado de Santa Catarina), já foram pescadas 580 toneladas em Santa Catarina. Esse número parece aumentar a cada dia com lanços em diferentes praias do litoral catarinense.

Desta vez, a Praia do Campeche foi a premiada. “Estamos pegando um pouco todos os dias, mas o lanço de hoje foi o maior da nossa rede. Pegamos 1.100 tainhas e foi a maior festa na praia. A rede do Chico também pegou 750 peixes e na quarta-feira (14) o Sidnei pegou mais 400”, comemorou Aparício.

A chegada do pescado no litoral é associada ao vento sul, porque elas buscam águas mais quentes para a reprodução. “Precisamos agora é de um vento de viração, o nordeste, para que elas se aproximem da costa”, explicou o pescador.

A pesca da tainha é o ponto alto da atividade pesqueira em função dos grandes cardumes e do valor de mercado.

Foram capturadas cerca de 1.850 tainhas em duas redes - Adriana Laffin/Divulgação/ND
Foram capturadas cerca de 1.850 tainhas em duas redes - Adriana Laffin/Divulgação/ND



Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade