Publicidade
Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 32º C
  • 22º C

Fechamento do retorno da avenida Paulo Fontes divide opiniões em Florianópolis

O novo trajeto está sendo feito pelas ruas Henrique Valgas e Hoepcke, atrás da Fields, retornando para a Paulo Fontes pelo semáforo

Colombo de souza
Florianópolis
04/12/2018 às 17H53

A Prefeitura de Florianópolis, com apoio da Guarda Municipal, fechou nesta terça-feira (4) o retorno da avenida Paulo Fontes, em frente ao Terminal Rodoviário Rita Maria, para um período de teste. Durante uma semana, o fluxo de veículos será analisado pela Diope (Diretoria de Operação do Sistema Viário de Florianópolis). O novo trajeto está sendo feito pelas ruas Henrique Valgas e Hoepcke, com retorno para a Paulo Fontes no semáforo.

Diope pretende fazer o teste durante uma semana - Marco Santiago/ND
Diope pretende fazer o teste durante uma semana - Marco Santiago/ND


Para o taxista Veni Duarte, 36 anos, o novo percurso ficou excelente. “Antes, a gente caia num afunilamento. Ainda tinha o agravante de motoristas que furavam a fila e paravam com os carros embicados, atrapalhando o trânsito na Paulo Fontes para quem vinha da avenida Beira-Mar Norte”, disse.

O advogado Cristiano Maia, 38, que vem de Itapema duas vezes por semana para trabalhos em Florianópolis, não gostou. “Temos que dar uma volta. Antes era mais prático”, afirmou.

Já o motorista de aplicativo Adriano Medeiros, 44, pensa que falta orientação da Guarda: “Se tivesse guardas orientando ali no horário de pico não ocorreria tumulto e o trânsito fluiria bem melhor”. Para a administradora de empresas Sirlei Mangrich, 44, motoristas e pedestres têm que ter mais educação. “Se todo mundo respeitasse as normas e não furasse fila, o trânsito ficaria mais humano e bem menos estressante”, disse.

Indiferente às opiniões, a Diope pretende fazer o teste durante uma semana. Se for aprovado, o fechamento será definitivo. O diretor da Diope, Fabrício Justino, lembrou que durante um mês o retorno foi fechado somente das 17h às 19h e a estratégia funcionou. Ele acredita que o novo trajeto vai desafogar o fluxo de veículos.

De acordo com a secretária da Segurança Pública da Capital, Maryanne Mattos, a ação que vinha sendo feita todos os dias no final da tarde teve uma avaliação positiva. “Começamos essa operação e vimos que melhorou consideravelmente o trânsito no local, que antes era bem complicado em horário de pico. As pessoas aprovaram a medida. Agora, vamos avaliar a mudança durante o dia inteiro, para que, se aprovada, fecharmos definidamente esse retorno”, afirmou.

 

 

 

Publicidade

8 Comentários

Publicidade
Publicidade