Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Família acolhedora quer ficar com idosa abandonada em frente a asilo em Brusque

Secretaria da Assistência Social de Tijucas entregou ao Ministério Público um parecer contendo relatos da idosa sobre seu estado de saúde

Redação ND
Florianópolis
24/07/2018 às 12H56

Há grandes chances de que a idosa abandonada pelo sobrinho na porta de um asilo em Brusque, no Vale do Itajaí, fique com a família acolhedora que a recebeu desde o episódio, que ocorreu em 11 de julho. A secretaria da Assistência Social de Tijucas entregou ao MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) na sexta-feira (20) um parecer contendo relatos da idosa sobre seu estado de saúde.

Foram feitas diversas visitas à casa onde ela se encontra e o documento afirma que a idosa está bem, em bom estado de saúde, e que a família acolhedora - com pai, mãe, crianças e outro idoso - quer ficar com ela. A Assistência Social de Tijucas acredita que a família tem total condições de ficar com a mulher, porém o pedido precisa ser analisado pela Justiça.

Em relação ao sobrinho que deixou a idosa em frente ao asilo na cidade de Brusque, a secretaria afirma que ele não tem visitado a tia. A prefeitura de Tijucas também afirmou que não recebeu nenhum comunicado oficial do Ministério Público para que o sobrinho pague pela vaga na casa de repouso, ou que o municípío tenha que assumir esses custos.

Relembre o caso

A idosa foi abandonada pelo sobrinho em 11 de julho em frente a um lar para idosos em Brusque, no Vale do Itajaí. A instituição era particular e não a acolheu. A PM (Polícia Militar) foi acionada para cuidar do caso. Naquela noite, a mulher dormiu no quartel da polícia e, no dia seguinte, foi atendida pela Assistência Social de Brusque, que a encaminhou para o município de origem.

*Com informações da RICTV.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade