Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C

Facebook lança ferramenta para usuário comprar e vender objetos

O serviço ainda não está disponível para os usuários brasileiros da rede social

Folha de São Paulo
São Paulo
03/10/2016 às 19H56

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Facebook lançou nesta segunda-feira (3) a ferramenta Marketplace, que permite que os usuários da mídia social vendam e compram objetos uns dos outros. O novo recurso estará disponível para usuários de Estados Unidos, Grã-Bretanha, Austrália e Nova Zelândia nos próximos dias no aplicativo da rede social para iPhone e Android. O serviço se expandirá a outros países e ganhará uma versão desktop nos próximos meses, de acordo com a empresa.

Espaço ainda não está disponível no Brasil - Facebook/ND
Espaço ainda não está disponível no Brasil - Facebook/ND



O Marketplace exibirá fotos de itens à venda com base na proximidade, e os usuários podem ajustar a sua localização e procurar itens ou categorias específicas, tais como roupas, utensílios domésticos ou eletrônicos.

A empresa de Mark Zuckerberg informou que a nova ferramenta formaliza o que alguns membros já fazem nos grupos do Facebook há anos. O novo recurso coloca o Facebook diretamente em concorrência com outras plataformas de vendas on-line, lideradas pela famosa americana Craiglist, e oferece uma alternativa a sites como eBay. "O Facebook está onde as pessoas se conectam, e nos últimos anos mais pessoas estão utilizando o Facebook para se conectar de outra maneira: comprando e vendendo umas das outras", declarou a gerente de produto da companhia, Mary Ku.

"Essa atividade começou em grupos no Facebook e tem crescido substancialmente. Mais de 450 milhões de pessoas visitam grupos de compra e venda todos os meses -de famílias de um bairro específico a colecionadores ao redor do mundo." O novo recurso facilita isso ao fornecer "um destino conveniente para descobrir, comprar e vender itens com as pessoas em sua comunidade", disse Mary Ku.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade