Publicidade
Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 25º C

Ex-prefeito de Chapecó, Ledônio Faustino Migliorini, morre aos 73 anos

Ele atuou no executivo e legislativo do município e atualmente estava aposentado

Redação ND, com informações do Diário do Iguaçu
Florianópolis
10/12/2017 às 15H45

O ex-prefeito e ex-vereador de Chapecó, Ledônio Faustino Migliorini, 73 anos, morreu na madrugada des domingo (10), no hospital Regional do Oeste, em Chapecó. A morte foi comunicada por familiares e o velório acontece durante todo o dia na funerária Wolf. O enterro está marcado para 17h, no cemitério ecumênico do município.

O atual  prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, decretou luto oficial de três dias pela morte de Migliorini.  O ex-prefeito era técnico contábil e segundo a atual gestão do município, ele foi uma liderança que marcou a história de Chapecó por suas realizações. Foi o trigésimo prefeito municipal, entre 1983 e 1989, vereador por três mandatos e também atuou como presidente da Câmara de Vereadores, no período de 1977 a 1979.

Além da atuação no executivo e legislativo de Chapecó, ele foi superintendente regional da Casan, cofundador e presidente da Câmara Júnior de Chapecó e de Santa Catarina. Atualmente ele estava aposentado, morava em Chapecó, era casado com Marialice e deixa dois filhos, Márcio e Flávio.

Ex-prefeito de Chapecó, Ledônio Faustino Migliorini, morre aos 73 anos - Audrey Piccini/Diário do Iguaçu
Ex-prefeito de Chapecó, Ledônio Faustino Migliorini, morre aos 73 anos - Audrey Piccini/Diário do Iguaçu

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade