Publicidade
Terça-Feira, 18 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Estados do Sul somam 69% dos pontos de aglomeração em rodovias federais nesta quarta-feira

Até o início da noite, Santa Catarina ainda registrava 68 destas manifestações - quatro a menos do que no dia anterior

Redação ND
Florianópolis
30/05/2018 às 22H00

Juntos, os três Estados da região Sul do Brasil somam 186 pontos de aglomeração ativos próximos às rodovias federais que cortam seus territórios. O número equivale a 69% dos 267 pontos de manifestação registrados em todo o Brasil pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) no início da noite desta quarta-feira (30).

Policial rodoviário acompanha ponto de greve na BR-101, em Palhoça - Flávio Tin/ND
Em registro feito na semana passada, policial rodoviário federal acompanhava ponto de greve na BR-101, em Palhoça - Flávio Tin/ND


Até as 19h, o Rio Grande do Sul tinha 79 pontos ativos, seguido por Santa Catarina, com 68. Enquanto isso, o Paraná segue em terceiro, com 39. Distante na lista, o quarto Estado com maior número de manifestações em andamento é o Espírito Santo, com 15.

O relatório da PRF aponta ainda que quatro pontos de manifestação em Santa Catarina tiveram suas atividades encerradas entre a noite de terça e a noite de quarta, subindo para 39 o número de pontos liberados no Estado.

Além disso, até as 17h, a PRF já havia feito a escolta de 2.275 veículos de carga. Desde o início dos trabalhos, foram escoltados cerca de 36,3 milhões de litros de combustível em rodovias federais.

O número de manifestações em rodovias estaduais também teve grande redução nesta quarta, quando passava de 30 pontos. De acordo com a PMRv (Polícia Militar Rodoviária), ainda havia 16 locais de manifestação nas rodovias estaduais às 21h30.

Também nesta quarta, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, se pronunciou sobre a situação nas rodovias. Ele afirmou que o país enfrentava 540 pontos de concentração nas vias de todo o país. Segundo ele, são apenas dois pontos de obstrução total, os demais, são definidos pelo governo como "aglomerações".

>> Estradas ainda têm 540 pontos de obstrução no País e PF investiga locaute, diz ministro

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade