Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Equipe suspende buscas por avião que caiu no Litoral de SC; Bombeiros detalham operação

De acordo com o Corpo de Bombeiros, outra equipe de mergulho continua atuando nas áreas apontadas pelo mapeamento com uso de sonar, na tentativa de localizar possíveis destroços submersos

Redação ND
Florianópolis
31/07/2018 às 15H26
Uma das rodas da aeronave foi encontrada na noite desta segunda-feira, em Bombinhas - CBMSC/Divulgação/ND
Uma das rodas da aeronave foi encontrada na noite desta segunda-feira, em Bombinhas - CBMSC/Divulgação/ND


Uma das equipes do Corpo de Bombeiros que trabalha nas buscas pelo ultraleve que caiu entre Itapema e Navegantes, no Litoral Norte de Santa Catarina, teve de suspender a atividade na tarde desta terça-feira (31) devido às péssimas condições de visibilidade marítima. A outra equipe de mergulho continua atuando nas áreas apontadas pelo mapeamento com uso de sonar, na tentativa de localizar possíveis destroços submersos. A operação recomeçou na manhã desta terça.

A equipe do 7° Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em Itajaí, informou que traçou um plano para facilitar e ordenar as atividades dos bombeiros nas buscas a aeronave de prefixo PU-OGL, modelo Conquest 180, desaparecida desde a última sexta-feira (27). De acordo com o planejamento, as áreas de buscas foram delimitadas em duas.

Na 1ª área, mergulhadores e embarcações com sonar operam nas imediações de onde a aeronave estabeleceu o último contato com a torre, a cerca de 8 km da costa da praia do Atalaia, em Itajaí, conforme as coordenadas geográficas da torre de comando aéreo de Navegantes. O último contato com o piloto aconteceu por volta das 12h de sexta-feira.

Buscas com sonar são feitas nas imediações de onde a aeronave estabeleceu o último contato - CBMSC/Divulgação/ND
Área 1, onde estão sendo feitas buscas com sonar - CBMSC/Divulgação/ND


Além disso, na área dois, está sendo feita uma varredura superficial com uso de moto-aquáticas e embarcações nas áreas litorâneas e costões da região de Itapema e Porto Belo. De acordo com os Bombeiros, o serviço também está previsto para os próximos dias.

Trajeto das varreduras superficiais na região de Itapema e Porto Belo - CBMSC/Divulgação/ND
Trajeto das varreduras superficiais na região de Itapema e Porto Belo - CBMSC/Divulgação/ND


Segundo a previsão meteorológica, a mudança na direção dos ventos nesta terça-feira deve fazer com que os destroços da aeronave comecem a ser arrastados pelas correntes marítimas, para a região costeira. Conforme já aconteceu na noite desta segunda-feira, com o aparecimento da roda da aeronave nas proximidades da areia da praia de Bombinhas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma mochila e pertences pessoais, que foram reconhecidos pela família como sendo do piloto da aeronave, também já foram localizados um dia depois da possível queda. No domingo, na areia de Meia Praia, em Itapema, foram encontrados o trem de pouso e parte da fuselagem.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade