Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Encontradas partes do ultraleve desaparecido em Itapema

Moradores localizaram lateral da fuselagem e pneu da aeronave neste domingo, 29. Piloto continua desaparecido

Everton Palaoro
Itapema
30/07/2018 às 09H28

As buscas pelo ultraleve modelo Conquest 180 que caiu entre Itapema e Navegantes, Litoral Norte do Estado, entram no quarto dia nesta segunda-feira, 30. Neste domingo, 29, as equipes encontraram partes da fuselagem e um pneu da aeronave em Itapema. Já foram localizadas ainda mochila e mala pertencen-
tes ao piloto José Ubirajara Moreira da Silva, 68 anos. As buscas estão concentradas em uma área de 25 quilômetros quadrados.
O último contato do piloto com a torre foi realizado cerca de oito minutos após a decolagem. Na manhã de sexta-feira, 27, a região sofria efeitos de um forte nevoeiro marítimo.

O ultraleve decolou do Condomínio Aeronáutico Costa Esmeralda, em Porto Belo, com destino a Itanhaém, no litoral de São Paulo, mas oito minutos depois o piloto relatou dificuldades de contato visual com terra e mar. A aeronave sumiu do radar do Aeroporto Internacional de Navegantes por volta de 11h10. O piloto veio do Rio Grande do Sul e parou em Porto Belo para fazer manutenção na hélice. O modelo da aeronave, que possuía transponder (equi-
pamento que auxilia na comunicação do tráfego aéreo), tem peso estimado de 750 quilos.

De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros de Itajaí, Daniel Dutra, quatro embarcações atuaram no resgate. As buscas estão concentradas na região de Itapema e Porto Belo, onde peças, mochila e mala foram encontradas. As equipes utilizaram um sonar para tentar localizar partes da aeronave. Um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) continua na região, coordenado pelo Salvaero (Centro de Coordenação de Busca e Salvamento), de Curitiba.

O piloto desaparecido é pai do deputado federal e pré-candidato ao governo do Riode Janeiro, Pedro Fernandes (PDT). O parlamentar fluminense chegou a Santa Catarina no sábado para acompanhar o trabalho das equipes de resgate. Ele publicou uma mensagem nas redes sociais. “O avião que meu pai estava caiu no mar de Santa Catarina! Infelizmente ainda não temos notícias. Estou aqui acompanhando as buscas. Agradeço o carinho dos meus amigos e peço a oração de todos para que um milagre aconteça!”, escreveu Fernandes.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade