Publicidade
Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 22º C

Dupla que atirou em mulher em Coqueiros tem prisão preventiva decretada, em Florianópolis

Senhora de 64 anos levou um tiro de raspão na cabeça após ter o carro roubado em avenida movimentada do bairro continental, na manhã de quarta-feira

Redação ND
Florianópolis
21/09/2018 às 11H44

Dois homens que participaram da tentativa de latrocínio contra uma mulher em Coqueiros, em Florianópolis, na quarta-feira (19), tiveram a prisão convertida em preventiva pela Justiça. A decisão ocorreu após audiência de custódia, realizada nesta quinta-feira (20). Um terceiro suspeito de participar do crime continua foragido.

O assalto que checou a capital catarinense ocorreu por volta das 10h de quarta-feira, quando uma senhora de 64 anos foi baleada de raspão na cabeça após ter o carro roubado, em frente a uma lavanderia na avenida Engenheiro Max de Souza.

Câmera de segurança registrou o momento do crime - Reprodução/RICTV
Câmera de segurança registrou o momento do crime - Reprodução/RICTV


Imagens de câmeras de videomonitoramento no entorno flagraram a forma como a mulher foi arrancada do veículo, um Chevrolet Tracker, com violência por três criminosos armados. Por sorte, o ferimento não foi grave. Nesta sexta-feira (21), o Hospital Governador Celso Ramos não informou o estado de saúde da vítima.

Pouco tempo após o crime, ainda na quarta-feira, o trio foi flagrado trocando a placa do carro da mulher em uma servidão na Vila Aparecida. Os suspeitos correram para a Praia do Meio, e um deles conseguiu escapar. O veículo foi recuperado.

A dupla presa, de 20 e 22 anos, foi autuada por tentativa de latrocínio (roubo com morte), resistência à prisão, porte de arma (um revólver 38 foi apreendido) e posse de droga (cerca de 200 gramas).

Segundo o comandante do 22º BPM, tenente-coronel Sandro Cardoso, pelo menos um dos suspeitos já era conhecido da polícia por atuar da mesma forma em outros roubos, acompanhado de três ou quatro comparsas.

À PM, um dos homens justificou o disparo contra a vítima com a alegação de que ela teria ficado presa no cinto, o que pareceu, no julgamento dele, que a senhora reagiria à ação criminosa.

>> Após tentativa de latrocínio, moradores se mobilizam para reforçar segurança em Coqueiros

Assalto ocorreu na frente de uma lavanderia, no bairro Coqueiros - Flávio Tin/ND
Assalto ocorreu na frente de uma lavanderia, no bairro Coqueiros - Flávio Tin/ND



Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade