Publicidade
Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 20º C

Ex-deputado Duduco tem prisão decretada e é procurado pela polícia

A decisão é do último dia 13, do juiz Marcelo Carlin, da 1ª Vara Criminal de Florianópolis

Fábio Bispo
Florianópolis
Arquivo/Alesc/ND
Ex-deputado estadual e ex-vereador de Florianópolis, Duduco é acusado de abuso sexual de menores


O vazamento do mandado de prisão contra o ex-vereador e ex-deputado estadual Nilson Nelson Machado, o Duduco, colocou o político na situação de foragido da Justiça. A decisão é do último dia 13, do juiz Marcelo Carlin, da 1ª Vara Criminal de Florianópolis. Policiais teriam tentado cumprir o mandado, mas Duduco não foi encontrado. O pedido de prisão preventiva foi solicitado no dia 30 de agosto pelo promotor Rafael de Moraes Lima, da 1ª Promotoria da Capital.

Duduco é acusado de abusar sexualmente e maltratar menores que viveram na sua casa, intitulada Lar do Tio Duduco. O processo tramita em segredo de Justiça, e é composto de depoimentos de pessoas que teriam sido estupradas ou agredidas pelo ex-deputado estadual, que teve como carro-chefe da campanha o amparo às crianças abandonadas. O Lar do Tio Duduco, criado 1978, já abrigou cerca de 73 crianças.

O ex-deputado nega as acusações. Nesta segunda-feira, o advogado de Duduco, Hélio Brasil, se disse surpreso ao saber por meio da imprensa que seu cliente era procurado pela Justiça. “O processo corre em segredo de Justiça e me espanta essa informação ter vazado para a imprensa. Isso prejudica o andamento do processo”, disse. Brasil informou que não tinha conhecimento do mandado.

O caso veio à tona em abril, mas as denúncias são de 2011, quando a Justiça encaminhou o caso para a 6ª Delegacia de Polícia da Capital, que concluiu o inquérito policial. A delegada Juliana Gomes, responsável pelas investigações, não quis se pronunciar sobre o vazamento do mandado de prisão.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade