Publicidade
Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Dois anos após a morte de Ricardinho, moradores da Guarda fazem homenagem ao surfista

Comunidade organizou uma programação especial com atividades culturais que também celebrará aprovação do local como Reserva Mundial do Surf

Redação ND
Florianópolis
18/01/2017 às 21H08
Comunidade homenageia Ricardinho após morte do surfista - Eduardo Valente/ND
Comunidade homenageia Ricardinho após morte do surfista - Eduardo Valente/ND


Dois anos depois da morte do surfista Ricardo dos Santos, o Ricardinho, assassinado pelo ex-policial militar Luís Paulo Mota Brentano, moradores e surfistas da Guarda do Embaú se reúnem em um evento especial para prestar homenagens e celebrar a recente conquista e aprovação da comunidade como Reserva Mundial do Surf.

Por uma iniciativa da Associação de Surf e Preservação da Guarda do Embaú, a data, 20 de janeiro, foi decretada pelo poder municipal como “Dia Municipal do Surfista” em Palhoça.

O evento terá uma programação especial entre 10 e 17h, com apresentações culturais e exposição de fotos abertas ao público no centrinho da Guarda. No período da tarde, haverá também uma solenidade de hasteamento das bandeiras e descerramento da placa da Reserva Mundial do Surf e da nova prancha em homenagem ao surfista Ricardo dos Santos.

No fim da tarde, a comunidade e visitantes serão convidados para dar um “Abraço Coletivo” no Rio da Madre, tradicional símbolo usado pela comunidade para reivindicar a preservação da região. Pescadores artesanais também lançarão tarrafas ao mesmo tempo no rio da Madre e os surfistas encerram a cerimônia com um círculo no mar.

A ação também faz parte de uma série de etapas a serem vencidas antes da oficialização da comunidade como Reserva Mundial de Surf. Entre as etapas vindouras, destaca-se a formação e engajamento do Comitê de Gestão Local, planejamento e gestão das ações futuras, escolha de um embaixador, produção de um livro e, por fim, a implementação contínua da Reserva Mundial de Surf.

Ricardinho - Facebook/Reprodução
Ricardinho foi assassinado por ex-policial militar após discussão - Facebook/Reprodução



Relembre o caso da morte do surfista

O surfista Ricardo dos Santos morreu no dia 20 de janeiro de 2015, um dia depois de ter sido atingido por dois tiros após uma discussão com o então soldado Luís Paulo Mota Brentano. Brentano estacionou o veículo em uma trilha, no caminho da casa da família do surfista, onde ele iria fazer reparos no encanamento com o avô. Ricardinho pediu a ele para retirar o carro, mas Brentano não concordou. Houve discussão e, na sequência, o policial atirou contra o surfista a curta distância.

Os tiros atingiram diretamente órgãos vitais do surfista. Um pegou na região do tórax (atravessando-o da lateral esquerda à direita) e outro na lombar (alojando-se na vértebra lombar, de trás para frente), ou seja, pelas costas.

Apesar de alegar legítima defesa, Brentano foi julgado em júri popular no dia 16 de dezembro de 2016 e condenado a 22 anos de prisão em regime fechado, e oito meses de detenção em regime semiaberto, por dirigir sob efeito de álcool.

Menos de uma semana depois, o advogado do ex-PM, Leandro Gornicki Nunes, afirmou que pediria a anulação do julgamento, sem especificar os motivos, sustentando a tese de legítima defesa, e comentou que durante os dois dias de julgamento ocorreram situações favoráveis para a anulação da sentença, que na opinião dele foi exacerbada.

O defensor também se opôs à decisão da juíza Carolina Ranzolin Nerbass Fretta, titular da 1ª Vara Criminal de Palhoça, e conseguiu liminar concedida pelo desembargador da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, Rodrigo Collaço, autorizando Brentano a continuar detido nas dependências militares até que o mérito da causa (decisão final) seja julgado.

Confira a programação completa:

O quê: Celebração local pela aprovação da Reserva Mundial de Surf (RMS)

Quando: 20/1, a partir das 10h

Onde: Guarda do Embaú/Palhoça/SC

PROGRAMAÇÃO

10h00 às 14h00 -  WG SURF SESSION – Sessão de fotos gratuita que premia a melhor foto de surf  em formato de bateria, organizado e julgado pela equipe Wave Giant. (Inscrição na praia)

15h00 – Abertura da Cerimônia

15h30 – Hasteamento das bandeiras e descerramento da nova prancha RDS e da RMS(Centrinho)

16h00 – Apresentação da música “Estrela” com Wando Cunha e Nathan Malagoli (Centrinho)

16h30 – Abraço Coletivo no Rio da Madre

17h00 – Atrações musicais e culturais

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade