Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Denúncia de comida estragada oferecida no Hospital Celso Ramos repercute na Alesc

Deputados solicitaram abertura de sindicância após denúncia envolvendo presença de insetos e pedras nas refeições da unidade

Redação ND
Florianópolis
05/08/2018 às 14H05

A denúncia envolvendo a presença de insetos e pedras em refeições oferecidos no Hospital Governador Celso Ramos, em Florianópolis, apresentada na RICTV Record esta semana, está repercutindo na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina). Na sessão desta quinta-feira (2), os deputados, por meio da Comissão de Saúde, solicitaram à Secretaria de Estado da Saúde a abertura de uma sindicância interna para apurar os fatos referentes à má qualidade da alimentação servida na unidade hospitalar.

Refeições entram no Hospital Governador Celso Ramos pelo mesmo local por onde o lixo hospitalar é retirado - Reprodução/RICTV
Refeições entram no Hospital Governador Celso Ramos pelo mesmo local por onde o lixo hospitalar é retirado - Reprodução/RICTV


Na reportagem, funcionários mostraram fotos e reletaram condições preocupantes envolvendo as comidas oferecidas a pacientes, servidores e acompanhantes. Enquanto o poder público pede explicações, a denúncia fica ainda mais grave. Uma foto obtida pela RICTV mostra o local por onde a alimentação é fornecida ao hospital. Na imagem é possível ver que o abastecimento da comida chega pelo mesmo espaço por onde é retirado o lixo hospitalar.

O Estado e a Alesc questionam e pedem um posicionamento da empresa licitada para fazer esse trabalho, uma vez que, até agora, não houve um esclarecimento completo dos fatos. A secretaria já se manifestou e informou que fez uma análise das refeições e não detectou nada de anormal. Ela disse ainda que aguarda um laudo mais completo para poder se manifestar novamente.

>> Servidores denunciam má qualidade da alimentação no hospital Celso Ramos, em Florianópolis

>> Secretaria de Saúde se manifesta sobre denúncia de insetos e pedras em comida de hospital

Com informações da RICTV Record SC.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade